Olá!

Meu nome é Rosanna, sou formada em Gestão Financeira e Técnica Contábil e criei este blog com a finalidade de trocar ideias, comentar notícias do meio contábil, discutir procedimentos, e tudo o mais que for interessante comentar com meus amigos, clientes e parceiros.

A contabilidade se tornou minha profissão meio sem querer e, devo confessar, não é nada fácil... mas não consigo me imaginar em outra direção!

Sejam todos muito bem-vindos!


"Não venci todas as vezes que lutei, mas perdi todas as vezes que deixei de lutar."

"Sou um só, mas ainda assim sou um. Não posso fazer tudo..., mas posso fazer alguma coisa. Por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso."

"No mundo sempre existirão pessoas que vão te amar pelo o que você é...., e outras.... que vão te odiar pelo mesmo motivo...., acostume-se a isso... com muita personalidade, determinação e - se puder - paz de espírito..."

"O que você puder fazer, faça. O que você não puder fazer, aceite. É assim que você é, e você está aqui para ser você mesmo, ninguém mais."

"Palavras se tornam Pensamentos, que definem Sentimentos, que se transformam em Comportamentos, que determinam Resultados."

"Não precisa ser perfeito, mas seja excelente em tudo o que fizer."

"Aqueles que andam na luz não precisam se preocupar com o que acontece na escuridão."

"Tudo tem seu tempo determinado e há tempo para todo propósito debaixo do céu
E o tempo dos homens é diferente do tempo de Deus...
Há tempo de nascer e tempo de morrer,
Tempo de plantar e tempo de colher,
Tempo de chorar e tempo de rir,
Tempo de abraçar e tempo de afastar-se,
Tempo de amar e tempo de aborrecer,
Tempo de guerra e tempo de paz."

"Os fardos que carregamos sempre são proporcionais à nossa capacidade de suportá-los. Os fardos sempre nos fazem mais fortes, mais esclarecidos e maduros, quando suportados com resignação e coragem."

"Limpe a poeira que porventura estiver impedindo que você enxergue que viver é um ato de amor, renove tudo o que for contrário a isso, e renasça!
Vale a pena tentar! Proponha-se a conseguir!"

"Deus nunca fará por você aquilo que você pode fazer, mas sempre fará por você tudo aquilo que você não pode fazer."

"Não declares que as estrelas estão mortas só porque o céu está nublado."

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já têm a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É tempo de travessia, e se não ousamos fazê-la, teremos nos fixado para sempre à margem de nós mesmos."

"O destino decide quem entra em nossas vidas. As atitudes decidem quem permanece."

"Às vezes, quando tudo dá errado, acontecem coisas tão maravilhosas que jamais teriam acontecido se tudo tivesse dado certo..."

"Às vezes, por medo de DIMINUIR, deixamos de CRESCER...
Por medo de CHORAR, deixamos de SORRIR...
Por medo de SOFRER, deixamos de AMAR...
E assim, por medo ARRISCAR, deixamos de VIVER...
Nunca DESISTA de seus IDEAIS!!!
E lembre-seque a vida é topar qualquer parada e não parar em qualquer topada...."

"Existem pessoas que não sabem e não perguntam...
Existem pessoas que sabem e não ensinam...
Existem pessoas que ensinam e não fazem.
O sucesso é de quem faz!"

"Ajudar as pessoas a superarem os problemas significa também ajudar a si mesmo..Nada é perda de tempo, tudo é investimento."

"Pedras no caminho? Coleciono todas... um dia, construirei meu castelo!"

"Não fique triste se alguém lhe virar as costas. Isso significa, apenas, que essa pessoa não pode aguentar a firmeza de seu olhar."

"Tem sido dias de batalhas diárias, pequenas, mas decisivas. A cada dia você vence um pouco."

"Concedei-me, Senhor, a serenidade necessária para aceitar as coisas que não posso modificar, coragem para mudar aquelas que posso e sabedoria para distinguir uma das outras."




terça-feira, 13 de julho de 2010

Nota Fiscal para MEI - Micro Empreendedor Individual

Depois de muitas consultas na internet e a outros colegas contadores, sabemos que a legislação do MEI - Micro Empreendedor Individual prevê a obrigatoriedade de emissão de NF quando o mesmo prestar serviços para pessoa jurídica e que é dispensado de contabilidade formal bem como é dispensado de manter vários livros fiscais, entre eles o de número 57 - Registro de Recebimento de Impressos Fiscais e Termos de Ocorrência, necessário para emissão de talonário de nota fiscal, solicitado pelas gráficas.
O CCM da minha empresa de contabilidade prevê que eu emita a nota fiscal de serviços e com isso consegui a senha web para emitir a nota fiscal eletrônica da Prefeitura de SP seguindo os mesmos procedimentos de qualquer empresa de outro porte.
Mas o CCM de um cliente que abriu sua empresa como MEI para serviços de pintura prevê a emissão de NF Fatura de Serviços.
Consultando várias gráficas descobri que muitas não emitem talão para MEI (sem muitas explicações do por quê) e as que emitem exigem o livro modelo 57, mesmo com a informação de que o MEI é dispensado por lei deste livro. Mas a explicação mais clara e objetiva que recebi foi a de que a Prefeitura não aceita nenhum AIDF (autorização de impressão de documentos fiscais) sem o livro 57.
Sendo assim, o procedimento para que outros colegas consigam o talão de notas para seus clientes MEI consiste do livro 57, xerox simples do RG do responsável da empresa e o AIDF assinado por ele em 3 vias disponibilizado pela gráfica.
A parte da autorização na Prefeitura é feita pela própria gráfica.
O livro não está a venda em qualquer papelaria, nem todas têm estes livros para vender.
Espero que esta informação ajude meus colegas a atenderem mais claramente seus clientes MEI. As informações sobre este tipo de empresa são desencontradas e nem na Prefeitura consegui esclarecer esta questão. Felizmente, nos últimos dias encontrei pessoas dispostas a ajudar e com isso poderei também atender melhor outros futuros empreendedores, como eu.

706 comentários:

1 – 200 de 706   Recentes›   Mais recentes»
laramag disse...

Olá, eu tenho sofrido muito com esse problema. Faz um tempo que estou tentando imprimir um talão de NFs da empresa MEI do meu marido e nao consguimos, ninguém consegue dar uma informação coerente.

Vcs ficam em SP?

Rosanna disse...

Olá, Lara. Sim, a gráfica que me atendeu fica na região da Av. Cupecê. Me mande um e-mail para que eu possa te encaminhar os contatos deles.

Sharutto disse...

Rossana, eu tenho uma empresa nos moldes do Mei e não consigo tirar nota de venda ao consumidor. Por não ser obrigado a emiti-la, a não ser que o consumidor peça, eu sou impedido na Sefaz de obter a nota . este absurdo tem alguma forma de resolução? Ou terrei de responder aos meus clientes que procurem a sefaz mais proxima para obter explicações?
Desde Já grato pela atenção
Mariano

Rosanna disse...

Bom dia, Mariano.
Concordo com você: é um absurdo! O Governo lança o tipo de empresa sem suporte adequado... aí fica esse jogo de vai e vem como se não tivéssemos outros assuntos a tratar.
Soube de alguns colegas que conseguiram obter o cadastro no Sefaz normalmente, e acredito que fizeram do mesmo modo como se fôsse para outra empresa de porte maior. Sua resposta é exatamente o que eu faria: iria pessoalmente ao posto fiscal para obter informações mais corretas, alguém há de explicar o que se deve fazer. Como eu postei antes, para prestação de serviços foram várias informações desencontradas... e temos que torcer para encontrar alguém que se interesse em nos dar as respostas certas. Infelizmente, não tenho conhecimento prático dos procedimentos para venda a consumidor para poder te ajudar mais. Um abraço.

Anônimo disse...

Olá me chamo Sandro, ontem eu fiz meu cadastro pelo MEI para prestações de serviços e estou tendo uma série de dificuldades. Já tive 3 versões diferentes na prefeitura de minha cidade(Maricá-RJ). Teve gente até que me criticou dizendo que eu não poderia fazer um autocadastro rss, e olha que era o chefe de tributos, já teve gente dizendo que não precisava de autorização nenhuma para emitir os talões de NFs. Realmente não sei o que fazer.
Outra coisa seria o Alvará, quando fazemos o cadastro no site do MEI informam que temos um provisório por 180 dias. O que devemos fazer para conseguirmos o Alvará oficial?

Bom espero que dê tudo certo, amanhã vou para mais um dia de luta na prefeitura de minha cidade.

Rosanna disse...

Oi, Sandro. Boa tarde. Também torço para que tenha sucesso. Eu esperava que com o tempo esses problemas fossem se diluindo e seria mais fácil o cadastro do MEI, mas parece que o que você está enfrentando é pior do que no início.... As dúvidas não estão sendo sanadas, ao contrário, estão se amontoando e cada município deve estar trabalhando de um jeito próprio, apesar do negócio ser a nível federal né... Aqui em SP quando eu fiz algumas inscrições para prestadores de serviços, a orientação sobre o alvará era que tinha validade de 180 dias e caso não fôsse contestado pela Prefeitura se tornava definitivo. Não sei se estava correto mas cadastrei as primeiras em março deste ano e até o momento não tive problemas. Espero que eu não tenha... :)
Boa sorte!

Anônimo disse...

Bom dia Rosanna, criei meu cadastro no mei a duas semanas e não consigo informações sobre aquisição de talão de notas fiscais, até consultei alguns contadores mas não conseguiram, me orientar sobre a questão, estou precisando urgentemente de talão de notas, qual caminho devo seguir.

Meu email é crisepeu@globo.com

Obrigado!

Rosanna disse...

Olá, anônimo! Espero que consiga te ajudar. Você só conseguirá solicitar um talão de notas ou mesmo a nota eletrônica após sair seu CCM - o cadastro de contribuintes mobiliários da Prefeitura. Com esse número em mãos e os documentos que mencionei na postagem, você faz a solicitação do talão para alguma gráfica. Quando eu abri as empresas em março, o CCM demorou 40 dias para ser emitido.... Você consegue consultar pelo site da Prefeitura com o número do seu CNPJ. Até lá, o único documento que comprova que você está legalmente inscrito como MEI é o certificado emitido pelo portal do empreendedor.
Espero que consiga. Sucesso!

Andrea disse...

Olá, eu me chamo Andréa e a um ano eu fiz a inscrição no mei e hj eu preciso emitir nota fiscal de venda como faço para adquir um talão de nota? preciso do ccm? e preciso recolher imposto... da nota.? me explique os procedimentos de como fazer por favor. fico no aguardo...
dea.sport@gmail.com

Rosanna disse...

Bom dia, Andréa.
Sim, você precisa de CCM. Todas as empresas, de qualquer porte, devem ter CCM. Como você já está inscrita há um ano, com certeza você consegue buscar seu número no site da Prefeitura com seu CNPJ.
Como a nota que você precisa é venda, você precisa verificar junto à Secretaria da Fazenda sua inscrição estadual para somente depois solicitar um talão de notas para alguma gráfica. Acredito que não será um processo rápido, visto que várias pessoas têm encontrado dificuldades junto aos órgãos do Governo - inclusive eu... :) - mas comece já para que nas próximas notas que te solicitarem, você tenha seu talão a mão. Espero tê-la ajudado um pouquinho. Abraço.

Rosanna disse...

Ah! Andréa, esqueci de falar sobre os impostos. Quem é inscrito no MEI só paga os impostos mensais que devem ser emitidos no Portal do Empreendedor - a DAS de aproximadamente R$ 60,00. Não deve haver retenções na nota porque sua empresa está no regime do Simples. Você emitirá sua nota com o valor bruto dos serviços prestados.

Anônimo disse...

Olá Rosanna!
Meu nome é Elena, faz 2 meses que abri a minha empresa MEI, acho que está tudo certo, estou com o ccm e os talões de notas em mãos, gostaria de saber para que serve o livro 57, tem que fazer algum preenchimento mesal nele ou não? Ah gostaria de saber como funciona o balanço de todas as notas fiscais emitido, que tem que ser feito todo mes de janeiro?
Agradeço a atenção
Elena

Rosanna disse...

Bom dia, Elena.
O livro 57 serve para anotar as informações dos talões que serão emitidos para sua empresa. Não precisa anotar nada mensalmente, somente as informações do talão e da gráfica quando for emitido. Ele será solicitado pela gráfica quando você precisar de um novo talão e deverá ser atualizado com as informações.
Eu ainda não passei pelo momento de fazer a Declaração Anual, mas o que ajudará bastante é você manter um controle bem simples, feito em excell, com todas as suas despesas e as suas receitas. O detalhamento fica a seu critério: colunas para identificar se o cliente era pessoa física ou jurídica, se o serviço foi com nota ou sem, qual foi a forma de pagamento,etc... Esse controle é opcional pois o que vale mesmo é um Relatório disponível no Portal do Empreendedor para você preencher todo mês com as ocorrências e anexar a ele as notas de despesas e informações sobre os serviços prestados. Mas, acho que toda e qualquer empresa, mesmo começando como MEI, deve manter sim um histórico de tudo o que acontecer na sua trajetória, visando o crescimento, o controle e a boa administração. Assim, mesmo sendo dispensado de contabilidade formal, um bom controle em planilhas já servirá como base para seu crescimento.
Acredito que a Declaração Anual será a unificação dessas informações mensais. O Fisco irá verificar se seu faturamento foi maior do que o permitido para a modalidade de MEI, sob risco de ser desenquadrado.
Espero te ajudado! Boa sorte com sua empresa!
Um abraço.

Ronaldo disse...

Olá, meu nome é Ronaldo e tenho uma empresa cadastrada no MEI.Gostaria de saber qual é o periodo de emissão das notas fiscais para o controle do valor de $R 3.000,00 ao mes,se é do dia 01 ao dia 30 de cada mes ou é até o dia 20 de cada mes de acordo com o preenchimento do relatório mensal, e se o relatório é do dia 01 ao dia 20 ou de 20 a20 de cada mes. Como faço esse controle? Agradeço muito pela ajuda

Rosanna disse...

Olá, Ronaldo! Bom dia!
O controle deve ser feito pelo mês de competência, ou seja, de 01 a 30/31. No final do relatório, a data da assinatura deve ser a do último dia do mês. Todas as suas receitas e suas despesas do mês cheio, conforme competência, devem ser contempladas no relatório. Lembrando que competência significa o mês em que as receitas e despesas foram geradas, e não efetivamente recebidas ou pagas, ok? Por exemplo: se você emitiu uma nota fiscal no dia 30 de setembro e só recebeu do cliente no dia 19 de outubro, esta receita deve ser lançada no relatório do mês de setembro. Abraço!

Ronaldo disse...

Boa noite Rosanna,muito obrigado pela ajuda, pois eu estava preenchendo o relatório com a data errada, de 20 a 20 de cada mes pois no manual de inscrição eletrônica do MEI diz para preencher até o dia 20 de cada mes, só que não batia com os dias certo do mes ,de 01 a 30/31. Essa era minha duvida, agora é só corrigir o meu relatório. Obrigado.

Rosanna disse...

Que bom que pude ajudar, Ronaldo. Pergunte sempre que precisar! Abraço.

luiz disse...

ola Rosanna, o MEI nao deve reter os impostos de prache na nf de serviço como issqn, inss, cofins, etc... mas quando faço serviço para orgao publico eles exigem a retençao oque devo fazer? oque posso enviar junto a nf para me isentar da retençao, ou declaraçao, pois a maioria dos orgaos nao tao preparados para aceitar estas nfs...

Rosanna disse...

Olá, Luis! Bom dia!
Realmente, não estão preparados mesmo.... Qualquer empresa inscrita no Simples, e não é somente os MEI, também são as ME (Micro Empresa) e EPP (Empresas de Pequeno Porte), não devem ter retenções na nota porque recolhem os impostos devidos em DARF única.
A primeira vez que recebemos aqui na empresa onde trabalho uma nota de empresa inscrita no Simples, ela veio acompanhada de uma carta declarando que estava inscrita no regime conforme a Lei e devido a isso não cabiam as retenções na fonte pelos serviços prestados. Talvez seja uma opção para que sua nota seja aceita sem problemas.

Abraço!

Luiz disse...

boa noite Rssana.... conheço esta declaraçao mas nela nao fala sobre a retençao do inss e issqn. somente cofins. ir. etc.. menos estes dois tributos, esta declaraçao foi a receita federal que me forneceu pois prestei um serviço para eles. e descutindo o assunto achamos esta declarçao mas mesmo com a declaraçao ainda faço a retençao do inss e do issqn. ha se precisar da declaraçao eu publico aqui... obrigado

Rosanna disse...

Bom dia, Luiz.
Ah, então, deve ser a mesma declaração que tenho aqui... preciso pesquisar mais sobre este assunto, tentar achar uma alternativa. Se descobrir o que fazer, me avise para que possamos divulgar isso.
Obrigada.

Anônimo disse...

Rasanna, boa tarde,
Apenas para parabenizar pela iniciativa, navegando encontrei seu blogger o qual me chamou a atenção, achei muito legal e não devia apenas passar, mas deixar meu registro. Gosto muito de profissionais de iniciativa, pessoas que visa crescimento em conjunto.
Mais uma vez Parabéns e sucesso.

Edmilton de Oliveira Silva
Prof. e Coordenador de Controladoria
CRCBA 027412-O - GO

Rosanna disse...

Olá, Edmilton! Obrigada! Fiquei muito feliz pelo seu apoio! Mais do que somente divulgar o que acontece no meu dia-a-dia na profissão, procuro muito mais aprender com pessoas como você que se interessam em compartilhar seus conhecimentos e dão apoio aos que estão começando. Se quiser colaborar com o blog, fique à vontade. Obrigada mesmo!

Anônimo disse...

Boa Tarde! Rosana gostaria muito de uma ajuda sua preciso saber se qual o tipo de nota fiscal que podemos emitir pelo o MEI,e qual e o procedimento para tal.

Rosanna disse...

Bom, o tipo de nota fiscal depende do segmento ao qual você vai se dedicar. Por exemplo, a minha MEI é de prestação de serviços de contabilidade, portanto devo emitir a nota fiscal de serviços (no meu caso, consegui a liberação da Prefeitura de SP para emitir a nota fiscal eletrônica, mas poderia ser um talão). Outro tipo de MEI que abri era prestação de serviços de pintura, mas nesse caso a Prefeitura indicou que fôsse feita a nota fiscal fatura de serviços; esse tipo é feito em talão somente.Para o caso de comércio, se usa a nota fiscal de venda ao consumidor e é necessário ter inscrição estadual. Nesse caso, você deve ter esse cadastro também.
A informação sobre qual tipo de nota você deve emitir você consegue ver quando consulta seu CCM no site da Prefeitura. No final do documento, você vai encontrar os códigos dos serviços aos quais você se cadastrou para prestar e ao lado terá a indicação do tipo de nota e os livros fiscais que deve manter.
Espero ter ajudado. Qualquer dúvida, volte a postar.
Um abraço.

Ariel Almeida disse...

Qual Artigo esta escrito, que o MEI não precisa escriturar livros fiscais.
Muito Obrigado
Abraço

Rosanna disse...

Bom dia, Ariel.
No portal do empreendedor, seção perguntas e respostas, no tópico contabilidade, diz: "A contabilidade formal como livro diário e razão está dispensada. Não é preciso também ter livro caixa. O empreendedor deverá registrar, mensalmente, em formulário simplificado, o total das suas receitas. Deverá manter em seu poder, da mesma forma, as notas fiscais de compras e vendas de produtos e de serviços."
Encontrei também a informação na RESOLUÇÃO CGSN Nº 10, DE 28 DE JUNHO DE 2007 e no http://www.portaltributario.com.br/guia/simplesobrigacoes.htm a informação da dispensa: "O empreendedor individual com receita bruta acumulada no ano de até R$ 36.000,00 fica dispensado das obrigações de escriturar os livros contábeis e fiscais."
Mas, quanto ao artigo, preciso pesquisar a lei com mais tempo.
De qualquer modo, eu defendo que toda e qualquer empresa, independente de seu porte, deva manter a contabilidade completa, visando o crescimento futuro e a preservação do histórico dos fatos.
Um abraço.

Ariel disse...

Muito obrigado

Rosanne.

Miqueias disse...

Ola boa noite. Sou MEI a 1 mes e tenho uma duvida quanto a questao de eu mesmo assinar minha carteira de trabalho. seria possivel ?? pq a principal questao é que preciso de um comprovante de renda. Se tem alguma forma de eu ter esse comprovante de renda sem assinar a minha propria carteira. ou como eu faria para assinar a carteira como funciona essa questao: obrigado

Rosanna disse...

Bom dia, Miqueias. Eu não sei te dizer se é legalmente aceito que você assine a sua carteira. O relatório de faturamento que você vai preencher todo mês com suas receitas deve servir como prova dos seus rendimentos, aliado ao Certificado de MEI.
Um abraço.

artegraf disse...

Olá,sou inscrito no mei há 1 ano. Gostaria de saber como faço para mudar ó código de atividade. Pois mudei de ramo.HoJe trabalho com manutenção de computadores e revendo serviços gráficos( cartões de visita, folhetos, imãs, etc..). Tem como vc me passar os códigos destas atividades? Abcs..

Rosanna disse...

Artegraf, bom dia!
Desculpe mas não consegui encontrar o procedimento de alteração para MEI. Suponho que a alteração deva seguir os mesmos procedimentos que uma empresa de maior porte, começando pela alteração na Jucesp por meio do Cadastro Web. Você vai precisar do auxílio de um contador mais experiente do que eu para fazer essa alteração.

ana paula disse...

olá rosana navegando pela net a procura de informações sobre o mei. encontrei seu blog gostei muito .
me responde uma coisa por favor,como consigo o certificado digital para usar a nota fiscal eletronica que programa tenho que colocar no pc e quanto custa esse programa e onde comprar.
sou inscrito no mei como prestador de seviço.
desde já agrdeço pelas infomações
abraços...

Rosanna disse...

Ana Paula, bom dia!
Muito obrigada! Fico feliz que tenha gostado do blog.
Para emitir nota eletrônica de serviços você precisa fazer o cadastro no site da Prefeitura de SP no link da NF-e. Você vai imprimir um documento que deverá ser entregue na Prefeitura para liberação da senha junto com outros documentos da empresa. É um processo muito simples e rápido. Esse é de graça.
Para o certificado digital, você precisa procurar uma entidade certificadora, como a Serasa, por exemplo. Existe o certificado que tem validade por 1 ano, o A1, instalado no computador, e o que vale por 3 anos, o A3, em forma de cartão com chip e que precisa de uma leitora. Todos são super seguros, utilizados mediante senha e permitem que você acesse muitas informações da empresa junto à Receita Federal. Os valores precisam ser consultados, há diferenças entre as empresas certificadoras.
O meu é e-CPF do tipo A3 e foi feito na ACFenacon. Fiz nesta entidade porque tinha um incentivo aos contabilistas. A nova carteira profissional do CRC vem com chip e facilita muito ter o certificado no documento ao invés de ter mais um cartão.
O da empresa em que trabalho foi feito na Serasa - o e-CNPJ A3.
Como a partir de janeiro/11 todas as empresas prestadoras de serviços em SP que emitem nota eletrônica devem fazê-lo mediante certificado digital, melhor providenciar logo para não prejudicar seu faturamento.

Um grande abraço, e mais uma vez, obrigada!

Blog de Anderson Justino Gabriel disse...

Ola eu tenho uma empresa aberta no MEI de prestação de serviços de digitação, ao emitir a nota eletronica no site da prefeitura de SP, automaticamente é gerado a cobrança de 5% do ISS sobre o valor total da nota, devemos pagar esse valor, caso não termos que pagar, como posso fazer para que não apareça essa cobrança?

Obrigado

Anderson

Rosanna disse...

Anderson, bom dia!
Você deve cancelar essa nota e automaticamente cancela a cobrança do ISS. MEI só paga o ISS do DAS, não deve ser gerada outra guia para pagamento.
Para que isso não volte a acontecer, precisa arrumar na configuração do perfil a informação de que é optante do Simples ou MEI se tiver.
Um abraço.

Anônimo disse...

Olá, parabéns pelas mensagens esclarecedoras..aliás..preciso de ajuda com uma dúvida. Eu cadastrei meu CCM 08/01/2009, porém, nunca fiz contribuição alguma nem recebi cobranças da prefeitura. Agora, fiz meu cadastro como MEI, cancelei o CCM, mas vejo que se referem a CCM quando o assunto são as empresas MEI. Estou confusa. Eu deveria ter mantido o mesmo CCM, mesmo mudando de área de atuação e mesmo sem ter contribuido? O que faço agora? Quando sai meu CNPJ? Depois desse cadastro MEI pela internet, devo me dirigir a algum órgão público para registrar alguma coisa?????????? Apenas segui as instruções do site e me cadastrei como comerciante de artigos de roupas e acessórios...o que mais devo fazer agora????????
Obrigada pela atenção!

Rosanna disse...

Bom dia!
Deixa eu ver se te entendi direito: você já tinha uma empresa antes de se cadastrar como MEI? O que aconteceu com essa empresa? Ficou inativa? Não teve contabilidade? Você fechou?
Uma das condições para ser MEI é não ser sócio de outra empresa.
Bom, quando você faz o cadastro de MEI, automaticamente é gerado o CNPJ, o NIRE, a declaração de responsabilidade e a opção pelo Simples. Você não precisa ir a nenhum órgão depois disso. O processo é simplificado mesmo. Você deve aguardar que a Prefeitura libere o CCM da sua empresa MEI, o que acontece por volta de 30 dias após a inscrição e que você deve ir consultando no site da Prefeitura. Quando o CCM sair, você providencia suas notas fiscais.
Todas as empresas têm CCM, de qualquer porte. É o cadastro na Prefeitura.
Para verificar se sua inscrição como MEI foi feita corretamente, entre no Portal do Empreendedor e consulte seu CPF. Você vai visualizar o Certificado de Micro empreendedor e lá devem constar as informações da sua empresa.
Espero que tenha esclarecido um pouco suas dúvidas.
Obrigada!

jcr disse...

Rosana meu nome é claudia to abrindo uma micro empresa e preciso emitir nota fiscal ? como que eu faço ,,,e também preciso de codigo de barras nas minha mercadorias? como que eu faço ...meu e-mail é claulima.santos@gmail.com -muito obrigada .

Rosanna disse...

Cláudia, bom dia!
O processo para ter nota fiscal é o mesmo para qualquer empresa de qualquer porte.
Você deve estar com um contador fazendo seu contrato social. Ele irá registrar na Jucesp ou Cartório, providenciará seu CNPJ, seu CCM, inscrição na Previdência, Sindicato Patronal, e tudo o mais que for necessário. Se for MEI, o processo é muito mais simples. Quando seu CCM estiver disponível, você pode fazer um talão de notas com uma gráfica ou solicitar a nota eletrônica. Essa informação - o tipo de nota que você deve emitir - estará no CCM mesmo.
Para o código de barras nas mercadorias, você precisa procurar uma empresa que faça esse trabalho porque acredito que você vai precisar de um software para gerenciar as baixas, as entradas, enfim, o estoque. Infelizmente, não conheço nenhum para te indicar... mas se você for procurar na internet não esqueça de checar antes a idoneidade do fornecedor.
Espero ter colaborado um pouco nessa sua nova fase empreendedora! Se precisar de qualquer ajuda, volte a postar.
Obrigada.

Anônimo disse...

Olá pessoal! sou de Fortaleza Ceara, aqui é um pouco simples, acessando o site: http://www.sefaz.ce.gov.br
voce vai ter a opção nota fiscal eletronica, clicando nela, vc terá opções pra baixar um pequeno treinamento de como se cadastrar na receita para poder emitir nota fiscal, só que, só pode emitir 4 notas por por mes (se precisar de mais tem de ir a sefaz, para pedir autorização para mais notas), e quando fizer o cadastro vc emite o documento e o leva a sefaz mais próxima para eles fazerem a liberação, após liberada, vc emite pelo proprio site. É um pouco complicado , mas dá pra fazer, ou aproveite janeiro e mude sua empresa MEI, para ter acessoria de um contador. Em Fortaleza ligue 85 87807138 - Ronaldo Carneiro

Anônimo disse...

Olá, quero saber se alguem pode me ajudar sobre alteração de MEI para ME? Como faço p/ mudar?

desde ja agradeço

Ricardo-MS

Rosanna disse...

Ricardo, bom dia!
Desculpe a demora em retornar. Estou estudando este assunto de alteração e vou colocar um post sobre o assunto assim que concluir.
Obrigada.

Palomo disse...

Oi,tudo bem , meu nome é Donizeti Palomo/Guarulhos/SP.A Prefeitura de Guarulhos não diponibiliza o CCM para o MEI,porém autoriza a impressão do talão de nota fiscal,mas sem a inscrição no ccm de nada serve,a minha nota foi recusada pela Congregação Cristã no Brasil,sou locador de Andaimes.E afinal de contas o nome fantasia é possóivel.O próprio fiscal da prefeitura de Guarulhos classificou o Mei,como uma mer....

Rosanna disse...

Bom dia, Palomo.
Sem CCM não é possível solicitar nota... muito estranha essa postura da prefeitura.
Talvez seja melhor você verificar a possibilidade de alterar sua empresa para uma ME do Simples Nacional. Apesar de ter mais custos, você não terá mais problemas com isso. Ou quem sabe mudar a localidade do MEI para a capital.
Um abraço.

betinho disse...

Rosana,
Boa tarde, Gostaria de saber se posso emitir uma NF acima de R$ 3.000,00 dentro do mês, e se poderia me fornecer o endereço da grafica onde posso solicitar emissao de talão de notas. meu email - adalberto@drytex.com.br.

Parabens pela iniciativa de partilhar seus conhecimentos.

Rosanna disse...

Oi, Betinho, bom dia!
Pode sim, você precisa tomar cuidado com o limite anual. Se neste mês você emitir R$ 3 mil e nos outros meses as emissões foram de valores mais baixos, na declaração a fazer em janeiro você se manterá dentro dos R$ 36 mil de limite anual.
O contato da gráfica vou te passar por e-mail.
Obrigada por acessar o blog!

Andre Luiz Trovo disse...

Boa Noite, em Santo André não houve impecilios para conseguir nota fiscal, alvará de funcionamento, e serviços da prefeitura em geral.O problema e emitir nota fiscal sobre produtos vendidos com pagamento de ICMS. Isso ninguem resolve e sabe responder. Fui ao Sebrae em Santo Andre. e também não sabem, fui ao Posto Fiscal de Santo André me deram uma senha para emissão das notas, porém não até hoje nao consegui acesso as notas, se alguém souber de algo ficamos todos agradecidos. André Luiz

MEI desde 11/2009

Anônimo disse...

Olá, meu nome é Sergio, eu tenho uma empresa mei, gostaria de saber como e ate quando tenho que lançar minhas notas de compras?

Rosanna disse...

André, bom dia!
ICMS para mim também não é fácil, não tenho praticamente nenhuma experiência prática com esse imposto, mas eu imagino que, a partir do momento que você emite sua inscrição estadual, o procedimento para solicitar um talão de notas seja o mesmo que para prestadores de serviço que não tem IE.
Há uma declaração chamada STDA referente às operações interestaduais realizadas por contribuintes do Simples que envolva diferenças de alíquotas e antecipação tributária, e de operações internas de substituição tributária.Será que isso pode te ajudar ? Você acessa pelo http://pfe.fazenda.sp.gov.br em Serviços eletrônicos ICMS - STDA - digitando usuário e senha.
Acho que essa senha que o posto fiscal te deu deve servir para esse acesso.
Desculpe não poder ajudar muito nesse assunto, mas se quiser, coloque aqui o resultado da sua experiência para podermos aprender também.
Obrigada por acessar, um abraço!

Rosanna disse...

Sergio, bom dia!
Você deve fazer um controle mensal das suas receitas e despesas considerando o mês cheio para apuração, ou seja, todos os serviços prestados no mês de dezembro (com e sem nota) devem constar do seu relatório de faturamento referente à dezembro,assim como todas as suas despesas com sua atividade devem ser anotadas em uma planilha ou outro controle referente à dezembro. Tudo o que você tiver nos seus controles referente à 2010deverá ser informado até 31 de janeiro de 2011 ao governo por meio da Declaração DASN-MEI.
Obrigada.

Divulga Norte disse...

Boa Tarde Rosanna, sou registrado por uma empresa e conversei com meu superior e decidi ser Terceirizado, quero entrar pelo MEI, mas posso fazer todo o procedimento de inscrição no MEI mesmo sendo registrado pela empresa ???? outra serei prestador de derviço em informática, é muito demorado sair todos os documentos do MEI ????, pois precisarei emitir uma nf de Prestador de seviço para a empresa, outra duvida, o balanço anual eu tenho que levar todos os documentos emitidos no ano aonde ?????
Obrigado e parabéns pelo Blog, Abraços e Bom ano novo.

Rosanna disse...

Olá, bom dia!
Você pode sim ser MEI e continuar registrado como funcionário. Eu sou assim também... :)
Não há problemas desde que não tenha indícios de troca da condição de CLT para PJ. Isso é ilegal e pode causar problemas para o empregador. Com o tempo, você pode achar mais vantajoso ser empresário do que funcionário, aí a decisão é sua.
O registro do MEI é super simples, você faz pelo portal do empreendedor. Antes, verifique se a atividade é permitida para MEI. Se for, clique no link "formalize-se", insira seus dados e imprima seu certificado de condição de micro empreendedor. Neste documento já constará seu NIRE (Jucesp) e seu CNPJ (Receita Federal). Emita pelo portal suas guias de pagamento mensal dos impostos.
Depois, você deve aguardar que a Prefeitura libere seu CCM, você pode consultar no site e demora em torno de 30 a 40 dias.
Com esses dados em mãos, você pode solicitar sua nota fiscal eletrônica ou talão.
Quanto aos documentos do ano, você não precisa levar em nenhum lugar, somente enviar a declaração de faturamento DASN-MEI no último dia útil de janeiro de cada ano (pela internet).

Espero que tenha ajudado, boa sorte, futuro empreendeodr!

betinho disse...

Rosanna,Bom dia
Preciso urgente emitir meu talão de NF porem abri minha empresa em 14/12/2010, existe alguma maneira para que eu possa acelerar esse processo?

Obrigado
Feliz 2011

Betinho!!
adalberto@drytex.com.br

Rosanna disse...

Bom dia, Betinho! Feliz ano novo para você também!
Infelizmente, não... Você só conseguirá iniciar o processo para obter nota fiscal, mesmo que seja a eletrônica, quando seu CCM estiver ok, e ainda assim, demorará alguns dias.
Talvez o tomador dos seus serviços aceite que você emita um recibo, com todos os dados da sua empresa, e substituí-lo quando a nota estiver pronta.
Um abraço!

Anônimo disse...

Olá... meu nome é Lilian.
Me cadastrei como MEI em 30/12/2010, preciso pagar o valor referente ao mês de dezembro? Preciso tb fazer aquela declaração anual?
Outra dúvida: Esse CCM q estava lendo no blog ele é automático? Tipo.. depois de uns dias inscrito como MEI eu entro no site da prefeitura de SP e pego ele?

Estou adorando o blog... obrigada

Rosanna disse...

Oi, Lilian! Fico muito feliz que esteja gostando do blog!
Após sua inscrição, você deve emitir as guias pelo portal mesmo. Se a primeira for da competência dez/10 com vencimento para 20/01/2011, não tem jeito, tem que pagar sim.
Quanto a declaração, eu acho melhor mandar, mesmo que seja com valor de faturamento zero, só para garantir. O governo pode te cobrar depois e tem multa se não entregar.
O CCM é automático sim, não precisa fazer nada. Você deve ir consultando de vez em quando no site da Prefeitura para saber se saiu. Depois você pode pedir nota fiscal.

Um grande abraço!

Lilian disse...

Olá, é a Lilian novamente.... Aproveitando...
Qdo estiver tudo certinho para a nota: Eu preciso ir até uma gráfica e pedir ou eu preciso começar a emitir a NFe?
MEI tb precisa emitir nota eletrônica? Mesmo que seja só para clientes com CNPJ?

O endereço da empresa é na cidade São Paulo.

Muiiito obrigada pela ajuda!

Rosanna disse...

Oi, Lilian. Quando seu CCM sair, no documento vai constar o tipo de nota que você deve emitir (NFS - Nota fiscal de serviços; NFFS - Nota fiscal fatura de serviços, etc). Se for NFS, pode ser eletrônica sim, mas, a partir do momento que você começa a emitir a eletrônica, não pode mais voltar para o talão em papel. Nesse caso é só você seguir os passos para cadastro da senha web no site da Prefeitura. É bem explicado.
Agora, se sua nota for Fatura ou tenha inscrição estadual, tem que ser talão. Você deve procurar uma gráfica e levar os documentos que coloquei na postagem original.
MEI deve emitir nota quando prestar serviços para pessoa jurídica, mas não é obrigada a emitir se prestar serviços para pessoa física.
Eu acho que o legal é poder emitir para todo mundo! Cria mais confiança em quem contratar seus serviços. E como você não vai pagar imposto nenhum sobre a nota, pode emitir sempre que solicitarem.

Obrigada, Lilian, um abraço.

Jacinto DF disse...

Rosanna parabéns pelo blog, seguinte: o MEI paga ISS sobre faturamento?? o que é CCM isso tem no DF (onde moro)?? o MEI pode ter Inscrição Estadual?? Desde ja agradeço se puder responder.

Rosanna disse...

Bom dia, Jacinto! Obrigada por acessar o blog! Que bom que está gostando.
Então, o ISS que o MEI paga está embutido na guia mensal de impostos - essa guia é composta de INSS (R$ 56,10), ISS (R$ 5,00) e ICMS (R$ 1,00), este último para os casos em que o MEI é de comércio e indústria. Por esta razão, o MEI pode ter inscrição estadual sim, quando for o caso. Se for somente prestação de serviços, não precisa se preocupar em tirar a inscrição estadual.
O MEI é dispensado dos impostos federais (IRPJ, CSLL, PIS, Cofins).
Se você puder optar por emitir nota fiscal eletrônica aí no DF, você tem que configurar no seu perfil que é optante do Simples Nacional para que não gere ISS sobre o valor da nota quando você gerar uma.
O CCM é o cadastro de contribuintes mobiliários da Prefeitura. Acredito que toda Prefeitura tem, pode mudar a sigla e o nome. Aqui em São Paulo, sem o CCM, não conseguimos solicitar nota fiscal de nenhum tipo.

Espero que tenha esclarecido suas dúvidas. Pergunte sempre que precisar.
Um abraço!

t-rex smith disse...

Ola Rosanna
trabalho em uma construtora como auxiliar de contabilidade, mas tambem presto serviços como freelancer e essa renda 'extra' ja supera o meu salario. voce acha que vale a pena me formalizar como mei? (tecnico em contabilidade) posso me formalizar e continuar trabalhando nesse meu emprego?
Obrigado!!!

Rosanna disse...

Olá! Eu acho que vale a pena sim, mesmo porque você vai precisar declarar essa renda extra de alguma maneira no seu imposto de renda e acredito que se formalizar é o melhor caminho. Os rendimentos de MEI, se não me engano, são rendimentos isentos na declaração de IR da pessoa física.
Não há problemas em ser MEI e empregado ao mesmo tempo. O que não pode é o empregador "pedir" para você se formalizar para não pagar impostos da CLT...
Um abraço!

Joao disse...

olá Rosana boa tarde .... Primeiro parabéns pela sua iniciativa de ajudar a leigos no assunto como eu ... Então a pergunta que lhe faço é ???
Presto serviço autônomo e preciso urgente de emitir nora fiscal, pois sem elas não recebo. Fiz o cadastro no MEI no dia 02 de dezembro 2010 e o CNPJ saiu na hora, porém o tal do CCM entro no site todos os dias e nada da prefeitura liberar. Você sabe o tempo máximo de espera para sair o TAL CCM, acho que minha dúvida será de várias pessoas.

Obrigado

(*-*) disse...

OLÁ ROSANNA, ESTOU COM PROBLEMA SERÍSSIMO, MEU MARIDO É FOTÓGRAFO, E NÃO EMITE NOTA FISCAL, O SERVIÇO DE LE É BATIZADO, FESTA DE ANIVERSÁRIO, CASAMENTO, SOMENTE NO FINAL DE ANO QUE PRESTA SERVIÇO PARA PREFEITURA, ENTÃO ELE VAI TER QUE EMITIR A NF, GOSTARIA DE SABER , ELE PODE ULTRAPASSAR DE R$3.000,00 ESSA NF?

SE ME RESPONDER EU AGRADEÇO
ABRAÇO.

Anônimo disse...

Olá!

Trabalho com informática e manutenção, me cadastrei no MEI já estou operando. Gostaria de saber que tipo de nota fiscal devo dar a um cliente empresarial que solicita regularmente manutenção e, se vendo hardware usado para uma empresa tipo impressora matricial se devo dar nota e que tipo de nota.

Obrigado.

Rosanna disse...

Olá, João! bom dia! Muito obrigada pelo seu incentivo!
Demora mesmo, viu... Quando abri minha empresa MEI, demorou 40 dias... isso mesmo.... Só depois comecei o processo para solicitar nota fiscal. enquanto o CCM não sai, não esqueça de ir pagando suas guias mensais. Isso o governo não libera...
Um grande abraço!

Rosanna disse...

Olá (*-*)!
O valor de faturamento anual não pode ultrapassar R$ 36.000,00 sob pena de desenquadramento do MEI. Ou seja, se em um mês o faturamento for de R$ 5.000,00 por exemplo e nos meses seguintes não faturar nada, não irá estourar o limite. Pode emitir a nota sem problemas.
Um abraço!

Rosanna disse...

Anônimo, no seu CCM você irá observar que tipo de nota foi autorizado para sua empresa. Se você só prestar serviços, pode até emitir a nota eletrônica. Se tiver comércio de peças, além do CCM você precisa providenciar sua inscrição estadual junto ao Governo do Estado. Nesse caso, você utilizará uma nota fiscal de venda ao consumidor ou nota fiscal fatura de serviços em talão, conforme o que estiver determinado no seu CCM. Descobrindo o tipo, você providencia junto à uma gráfica de sua confiança.
Um abraço!

Anônimo disse...

Ola Rosana em 1º lugar parabens pelo serviço de que vc presta aqui com muita notoriedade!ok fiz meu cadastro mei ha uns 6 meses agora terminou o ano oque eu devo fazer? tenho que declarar alguma coisa enviar ralatorio das entradas e serviços ou estou isento apenas devo manter em minha posse os fechamentos dos meses aguardo Att CSilva

MONICA disse...

BO DIA
SOU MEI A 1 NO TENHO UMA LOJA DE ARTIGOS RELIGIOSOS NO CENTRO DA MINHA CIDADE, A MINHA DUVUDA É O SEGUINTE NOTA FSCAL PAULISTA... MEUS CLIENTES QUESTIONAM A RESPEITO DA NOTA FISCAL PAULISTA, SENDO QUE SÓ POSSO EMITIR A NOTA FISCAL DE FATURAMENTO PARA CLIENTES COM CNPJ, O QUE DEVO RESPONDER AOS CLINETES QDO PEDIREM A N F PAULISTA?

UM ABRAÇO

MONICA

Anônimo disse...

OLÁ, SOU DO RS E ESTOU TENDO MUITAS DIFICULDADES APÓS A RETIRADA DO MEI, ATÉ PRA RETIRAR O ALVARÁ COM PRESTADOR DE SERVIÇO EM INFORMATICA A PRÓPRIA PREFEITURA NÃO ENQUADROU COM O MEI GOSTRIA DE SABER DUAS COISAS UM É O MODELO DE NOTA FISCAL QUE EU PRECISO TIRAR PARA MEUS CLIENTES Q NINGUEM ME RESPODEU E OUTRA E COMO NO FIM DAS CONTAS SE NÃO DER CERTO TUDO ISSO EU DOU BAIXA NO MEI.

Inajar disse...

Olá Rosanna

Parabéns pelo blog , este canal de informações e tira dúvidas .
Trabalho com chocolates artesanais e há 8 meses me cadastrei no MEI , consultando no site da prefeitura de SP descobri que ja tenho CCM , porém nao consegui ver maiores detalhes como : tipo de N.Fiscal que poderei emitir , sei que será de venda de produtos ... Mas a minha dúvida é somente com a numeração devo ir direto à uma grafica para emissão de talão NF? Vc poderia me indicar uma ? Tenho que comprar o livro 57?
Ha e também nao fiz nenhum relatório de faturamento em 2010,o prazo para entrega é ate janeiro do ano seguinte ? tenho guardado apenas algumas NFs de compras de produtos /chocolates , anexo junto e mando para algum contador ?...

Aguardo respostas , principalmente ref a NF pq pretendo oferecer os chocolates artesanais a comércios .

Obrigada Inajar

inavit@bol.com.br

Rosanna disse...

Bom dia, CSilva! Desculpe a demora em retornar.
Bom, todo mês de janeiro os MEIs devem enviar pela internet a declaração de faturamento do ano anterior, aonde constará suas receitas com e sem nota e seus gastos com funcionários. Estou fazendo as primeiras também e se ver algo diferente aviso aqui no blog, mas a princípio, a declaração parece simples e você mesmo pode fazer. Se você precisou da ajuda de um contador para abrir sua MEI, o mesmo deve enviar a declaração para você, sem custo algum, mas somente no primeiro ano.
Se prepare também para a declaração de imposto de renda da pessoa física, pois o lucro do MEI, apesar de isento de IR, deve constar na declaração, ok?
Muito obrigada por acessar o blog, espero que tenha ajudado. Boa sorte!

Rosanna disse...

Monica, bom dia!
Infelizmente, não sei te dizer agora como você deve proceder, não tenho muito conhecimento de comércio, mas acho que você devia pesquisar no site do Governo, no link da nota paulista, e também pessoalmente no posto fiscal, para saber se há a possibilidade de você emitir a nota paulista. Se o MEI for impedido dessa emissão, deve constar em uma lei, mas não sei te dizer ao certo.
Desculpe não poder ajudar muito, este é um assunto que ainda preciso estudar.
Um abraço e boa sorte!

Rosanna disse...

Anônimo, bom dia! É uma pena que ainda existam problemas de cadastro... Cada cidade está trabalhando de modo diverso. Você conseguiu visualizar seu certificado de MEI no portal do empreendedor? Nele irá constar seu CNPJ, NIRE e Alvará. Essa parte, não acredito que deva ter alterações conforme a cidade, pois o cadastro é federal. Depois vem o cadastro com a prefeitura para liberar emissão de nota. Provavelmente, você emitirá nota fiscal de serviços. Se houver comércio de peças, deverá emitir a nota fiscal de venda ao consumidor e para isso você irá precisar de uma inscrição estadual.
Caso não dê nada certo e você se veja obrigado a encerrar sua empresa, você vai precisar da ajuda de um contador, porque o trabalho de encerramento de um MEI é o mesmo que para qualquer empresa - depende de certidões negativas, baixas nos órgãos, e o pior, tem custo.... Espero que consiga normalizar sua situação, qualquer dúvida que eu possa ajudar, volte a postar.
Obrigada e sucesso!

Rosanna disse...

Inajar, bom dia!
Como sua empresa é comércio, você precisa solicitar a inscrição estadual junto ao Governo do Estado. Depois que sair, você pode solicitar o talão de notas para uma gráfica. Tenho para indicar a gráfica que me atendeu quando nenhuma outra quis fazer um talão... vou te passar por e-mail.
O livro 57 é indispensável, sem ele a gráfica não confecciona o talão.
Todo o faturamento da sua empresa em 2010 deve ser informado na
Declaração DASN-MEI até 30/janeiro/2011, sob pena de multa. Não deixe de enviar. É pela internet e parece ser muito simples, você mesma pode fazer, não precisa do contador. Mas, se para a abertura da sua MEI um contador te ajudou, ele deve enviar a declaração para você, sem custo.
Mensalmente você deve fazer o relatório de faturamento e um controle das despesas pois, o lucro líquido deve constar na declaração de imposto de renda da pessoa física. Não haverá imposto a pagar mas deve ser informado à Receita Federal. Por isso o controle mensal é tão importante.
Muito obrigada!

Anônimo disse...

Rosana, sou gerente de uma Cooperativa so setor oleiro.o que ocorre é que tem associado aqui que o faturamento dele é acima de 12000,00 por mes e emprega 4 funcionarios e o tijolo precisa emitir NFe e tem um contador aqui da cidade fazendo para eles inscrição no MEI, e como a cooperativa fornece matéria prima para todos os seus associados eu posso pela leifornecer matéria prima para que ele possa produzir sómente o que um MEI pode faturar, para não haver concorrencia desleal para com os outros que são ME.

Artesanato ABM disse...

Olá Rosanna.
Parabéns pela iniciativa de fornecer informações tão importantes sobre o MEI.

Sou artesã, e estou querendo me cadastrar no MEI. Pelo que li aqui, como vou comercializar as peças, terei que emitir Nota Fiscal de Venda, e terei um CNPJ, um CCM e uma I.E, e ainda adquirir um Livro Modelo 57, correto?

Gostaria do endereço da gráfica onde foi possível a confecção desse tipo de talão. Sou de SP, zona sul.

Muito obrigada pelas informações, Deus te abençoe sempre.

Anônimo disse...

Olá Rosanna, Parabéns pela iniciativa, achei muito legal tudo o que está fazendo.
Me registrei como MEI a pouquissimo tempo e já tirei minhas dúvidas em relação a nota fiscal. Porém eu preciso fazer a abertura de uma conta corrente, e não tenho como comprovar minha renda. Gostaria de saber quais o procedimentos que você teve que tomar para fazer a abertura da C.C., ou se já tinha, o que eu poderia fazer para abrí-la, daria pra comprovar renda com uma DECORE? Pois liguei para o SEBRAE, e me disseram que eu só poderia comprovar minha renda após 1 ano com a declaração anual simplificada. Eu não posso esperar tanto tempo :(

Desde já agradeço.
Demétrio

Anônimo disse...

o microempreededor quando presta serviços a orgaos publicos, estes orgaos precisa pagar 20% sobre a nf de prest de serviços?

Rosanna disse...

Olá, eu acredito que, se já se sabe que o faturamento será acima do que é permitido para MEI, não deveria ser aberta nessa modalidade, e sim já uma ME ou EPP optante do Simples Nacional, evitando futuros transtornos com alterações da empresa. O importante é que os empreendedores tenham tudo bem esclarecido sobre o que acontecerá com essa empresa no futuro. Abrir até que é fácil, mas fechar...
Um abraço.

Rosanna disse...

Artesanato ABM, boa tarde!
Exatamente, é isso mesmo. Confirme no portal do empreendedor se a atividade consta da lista das permitidas antes de iniciar sua inscrição.
Me mande seu e-mail que te passo o contato da gráfica que me atendeu, ok?
Sucesso futura empreendedora!
Obrigada pelo apoio!

Rosanna disse...

Demétrio, boa tarde!
Eu não abri uma conta ainda por não estar prestando serviços contábeis efetivamente. Sou funcionária em uma empresa. Mas, não tenho conhecimento se o DECORE se aplica ao MEI, precisava pesquisar sobre isso. A Declaração anual é sim comprovante de renda conforme informou o Sebrae, pois lá consta seu faturamento bruto no ano.
Mesmo fazendo a declaração de 2010 agora em janeiro não é suficiente para você conseguir a conta?
Não me admira se o banco não aceitar... visto tantos problemas que o MEI vem enfrentando.
Quando é uma empresa de outro porte, mesmo no início das suas atividades, os bancos abrem a conta jurídica. Pode ser também questão de banco para banco. Tente um banco do Governo, pode ser mais fácil de conseguir do que nos bancos privados.
Espero que tenha êxito! Me avise o que conseguir, ok?
Um abraço e boa sorte!

Rosanna disse...

Anônimo, não sei te dizer se para órgãos públicos é exigido, o que eu sei é que as empresas que contratarem serviços de hidráulica, pintura, alvenaria, carpintaria e de manutenção ou reparo de veículos terão um custo adicional de 20% de INSS sobre o valor bruto da nota em Folha de Pagamento.
Um abraço.

Beto Louzano disse...

Boa Tarde Rossana,
Meu nome é José Roberto.
Antes de mais nada parabens pelo Blog.
Estou Cadastrado no MEI a alguns dias como prestador de serviço,e gostária de saber como eu faço para obter o Tal do CCM e como eu consulto em algum site se possivel.
e se possivel me mandar o link do site, sou de São José do Rio Preto-Sp
meu email betolouzano@hotmail.com

Rosanna disse...

Beto, bom dia!
Pesquisando no site da Prefeitura de São José do Rio Preto, encontrei na guia "Empresas - Vida da Empresa" a opção "Inscrição no Cadastro Municipal Mobiliário". O serviço é on-line e aparentemente simples.
Aqui na capital, o CCM sai pela internet automaticamente após 40 dias da inscrição do MEI mas na sua cidade me parece que precisa ser solicitado.
Acesse www.riopreto.sp.gov.br para ver os procedimentos.

Obrigada por acessar o blog! Um abraço!

Anônimo disse...

Boa noite Rosanna,
Sou de São Paulo Capital e a pouco tempo abri minha empresa MEI como prestadora de serviços na área de alimentos. No Sebrae me falaram que eu tinha que ir até a prefeitura para poder conseguir a autorização para a emissão de NF, mas chegando lá na prefeitura eles me disseram que eles não fazem essa autorização para prestador de serviço, mas também não souberam me dizer para onde eu teria que ir, e agora eu estou aqui nesse vai e vem e ninguém me diz aonde eu devo ir. Você poderia me ajudar?

Rafael disse...

Bom dia Rosanna

Abri uma empresa pelo EMI faz três meses e até agora não consegui ninguém que me ajudasse com a questão da NF.
Eu li o artigo em seu blog, porém confesso que ainda não entendi como faço para emitir NF, eu acesso o sistema da prefeitura para cadastro da Senha WEB e após realizar todos os procedimentos, a página onde assino a solicitação para desbloqueio da senha, diz que tenho que ir a um posto fiscal com alguns documentos, entre eles o Contrato Social, que obviamente não possuo.
Uma outra questão é a NF de venda, já que eu presto serviços e vendo equipamentos também, sei que existe a DANF mas pra variar também não sei o como faço.
Eu não gostaria de utilizar talão fiscal das gráficas, prefiro a NFE
Você poderia me ajudar? Segue alguns dados:

CNPJ/MF 12.660.161.0001-90
CCM: 4.170.450-9
Insc. Estadual: 147.549.524.117

O meu e-mail para contato é:
comercial@equaliser.com.br

Desde já agradeço.

Rafael

Anônimo disse...

Ola, ainda não entendi como fazer a declaração anual, gostaria de mais explicações.
E como fazer declaração de quem somente presta serviço sem notas?

Sandra.
Obrigada.

Anônimo disse...

Oi Rosanna, boa noite.
Preciso de uma ajuda, sou MEI a seis meses, mas nunca emiti nota, queria passar para ME no Simples, tenho que fazer o desenquadramento até o dia 31/01/2011, e depois emitir as guias do SIMPLES. Minha duvida é que se tenho que fazer mudança de contrato na Junta Comercial ou não, se o Certificado do MEI serve como cotrato par me, e se tem mais algo para mudar.
Grato, muito obrigado.
Geraldo RJ

Anônimo disse...

olá Rosana meu é Leticia também tenho algumas duvidas abri uma MEI com prestação de serviços e venda de peças para ter o talão terei que ter dois (um para prestação de serviços e outro para venda) ou somente um e qual seria o tipo, e quantos as vias 2 ou 3? Peguei autorização na grafica mas o rapaz da prefeitura não sabe.......

Anônimo disse...

Olá Rosana,
Ainda não abri uma MEI, estou tirando algumas dúvidas para ter certeza de que é a melhor opção no momento. Gostaria de saber quanto a controle de Nota Fiscal de compras para MEI, no caso Comércio, posso comprar de um fornecedor no exterior(importados) sendo que ele me enviará SEM nota fiscal e ficando meu estoque sujeito a estas "origens" não comprovadas, e depois, o MEI fiscaliza isto? é possivel? o que devo fazer? Obrigado e Parabens desde ja. Wilson Sp

Thais PAntano disse...

Bom Dia Rossana..
primeiro parabens pelo blog, pesquisei muito, ate em escritorios, mas ninguem quer passar informações não sabe..qd sabe quer cobrar um absurdo.....
primeiro eu gostaria de saber como faço pra tirar esse tal de ccm, tenho uma loja de cestas de cafe da manha e telemensagens, Abri o MEI faz 1 semana
e como faço qd meus clientes pedem NFS-e...pq como mei não pd imprimir notas pra pessoa fisica....
sou de Americana SP
desde ja agradeço

Thais disse...

desculpa , mais uma pergunta
devo somente guaradar as notas de compra como faço com as vendas msm q o cliente n quiser nota????
e preciso pedir o alvara definitvo..estou com provisorio...ou ele fica automaticamente se a prefeitura n contestar???

Rosanna disse...

O AIDF é obtido junto a uma gráfica. Você leva os documentos e a gráfica prepara o AIDF. Acho que antigamente a Prefeitura fazia sim, e talvez em outras cidades ainda façam, mas foi com a gráfica que obti o AIDF para solicitar talão de notas.
Obrigada.

Rosanna disse...

Rafael, bom dia.
A nota eletrônica da Prefeitura de SP é para prestadores de serviços. Mas nessa parte de comércio não tenho experiência..
Quanto ao procedimento dos documentos para a Prefeitura é assim: o formulário gerado pelo sistema da senha web deve ser impresso, assinado e ter firma reconhecida em cartório. Depois você entrega na Praça de Atendimento do Vale do Anhangabaú com os documentos que solicitarem. O Certificado de MEI (obtido no Portal do Empreendedor) substitui o Contrato Social que MEI não possui.
O DANFE é o documento auxiliar de nota fiscal eletrônica para empresas que prestam serviços e comércio/indústria mas ele é utilizado por empresas já obrigados ao sistema SPED (escrituração contábil e fiscal digital). Para isso, você vai precisar contratar os serviços de um contador que já esteja preparado para atender empresas desse porte. Não sei dizer se é permitido que o MEI entre nesse sistema sem ser obrigado, já que é dispensado por lei da escrituração contábil formal, mas você pode se informar com algum contador mais experiente.
Obrigada.

Rosanna disse...

Sandra, bom dia!
Você entra no site da Receita Federal - link Simples Nacional à direita - link Micro empreendedor PGMEI - e seleciona DASN SIMEI.
Insira o CNPJ e o código.
Você deve informar o valor bruto dos serviços prestados no ano de 2010 - com e sem nota - não importa. Informe também se teve empregado. Siga os passos do que está sendo solicitado.
O sitema vai gerar o recibo de entrega da declaração, informando também todas as guias mensais que foram pagas e seu faturamento total.
Este recibo serve como comprovante de renda para você empresária.
Um abraço.

Rosanna disse...

Geraldo, bom dia!
Até onde sei, tudo começa na Junta Comercial, mas não sei te dizer se o CNPJ do MEI continua para ME, porque o MEI é considerado empresário individual e me parece que individual não vira sociedade, mas precisava ir até lá ou verificar se tem alguma orientação adicional no manual da Jucesp no site. De qualquer modo, se você for constituir uma sociedade, tem alguns pontos que deve considerar como sócio, impostos e obrigações. Busque o auxílio de um contador experiente para tirar todas as dúvidas antes de qualquer ação.
Um abraço.

Rosanna disse...

Letícia, bom dia!
Existe um talão que tem a parte para serviços e a parte para comércio, não me lembro exatamente qual o modelo... vi algumas vezes de fornecedores que venderam para nós. Busque outras opções de gráfica, nem todas informam ou tem conhecimeento das mesmas coisas, pude comprovar...
Um abraço.

Rosanna disse...

Wilson, bom dia!
Nem preciso dizer que não é correto comprar estoque sem nota, não é? Você fica sem comprovação, com um histórico errado, com uma contabilidade equivocada.... você pode até dizer que MEI não será fiscalizado, é empresa pequena, no Brasil não funciona... mas eu defendo a contabilidade correta. Sem registros corretos e de acordo com a realidade de sua empresa, por menor que seja, está tudo errado.
Bom, me falta muito conhecimento em comércio e, já que você vai lidar com exportação, sugiro encontrar um contador que saiba os trâmites, independente do seu porte.
Sucesso!

Rosanna disse...

Thais, bom dia!
O CCM será gerado automaticamente pelo site da Prefeitura em mais ou menos 40 dias - Capital. Você deve ir acompanhando. Quando sair, você pode ver a questão de nota fiscal. Verifique com a Prefeitura de Americana se eles têm outro procedimento.
Nada impede que você emita nota para pessoa física. A obrigação é a de emitir para pessoa jurídica mas se alguém PF te pedir, pode emitir sim, colocando o CPF da pessoa. Nos seus controles, entrará como prestação de serviços à PF com nota. Você não terá nenhum imposto adicional por emitir nota, independente de quem solicite.
Todas as notas de compras dos fornecedores devem ser guardadas para seu controle.
O alvará provisório deve ser fiscalizado pela Prefeitura em até 6 meses da expedição, caso contrário se torna definitivo.

Renata disse...

Rosanna, boa noite.
Meu marido é MEI há quase um mês, ainda não estamos emitindo NF, mais já estou verificando junto à prefeitura e com a gráfica para emissão da mesma. Hoje um cliente amigo nosso, me disse que poderiamos emitir o cupom fiscal no lugar da NF. Essa informação é válida tbm para MEI? Como faço para emitir o CF?
Mto obrigada pela atenção.
Abçs..... Renata.

Anônimo disse...

Rosana, em auxilio a duvida da Renata do Post do dia 28/01, pelo conhecimento que tenho, para se adquirir uma ECF não é tão simples, primeiro pelo custo (só a impressora fiscal esta em torno de 2.000,00), tem o custo para lacrar a mesma, tem o custo pelo sistema que ira gerenciar o ECF, maiores detalhes estou passando um link com detalher sobre utilização de Impressofa fiscal (ECF):
http://www.fqs.com.br/ntduv_ecf3.htm

Para verificar quais são as diferenças entre ECF, SEPD e P.O.S:
http://www.pfe.fazenda.sp.gov.br/guia_procedimentos_ecf_03.shtm

Anônimo disse...

alex
ola Rosana stenho uam loja preciso emitri nota pos meu ciente são empresas, ja tenho senha/ logi da secretaria da fazenda mais não sei pedi nota .
me ajude por favor.

Ana Maria disse...

Olá! Estou precisando de uma assessoria.Meu marido é MEI a quase um ano e até agora não conseguimos confeccionar a nota fiscal.
Já temos CNPJ, Inscrição Estadual , CCM, tenho a senha online na Sefaz só que não estou conseguindo fazer nada me ajude

Rosanna disse...

Renata, boa noite.
Como bem explicou nosso amigo anônimo na mensagem seguinte a sua, não é tão simnples mesmo, mas também não sei te dizer como o ECF funciona na prática.
Vale a pena pesquisar nos links que ele passou.
Se quiser dividir as informações que encontrar, volte a postar, por favor.
Obrigada.

Rosanna disse...

Alex, boa noite.
Com os dados da sua empresa, solicite seu talão para uma gráfica, conforme informado na postagem original aqui do blog. Se estiver na zona sul e quiser uma indicação, me mande um e-mail que te retorno com os dados de uma gráfica que conheço.
Abraço.

Rosanna disse...

Ana Maria, boa noite. Com os documentos em mãos, acredito que agora só resta você procurar uma gráfica que confeccione seu talão.
Qual está sendo sua dificuldade? Algum documento adicional que estão solicitando? Você não está conseguindo encontrar quem faça seu talão?

Rogério disse...

Bom dia Rosana!

Eu fiz a inscrição do MEI, eu li seus comentários e vc têm razão estamos sem suporte para conseguir nota fiscal. Pelo que observei vc disse que para conseguir o talão de notas preciso ter o tal de CCM, eu consultei o site da prefeitura e vi que temos que fazer a inscrição pelo mesmo, correto? E também observei que existe dois link para inscrição do tal CCM, um para pessoa jurídica e outra para pessoa física, minha outra dúvida é qual dos links eu acesso já que estou como MEI? Obrigado.Rogério

Rosanna disse...

Rogério, bom dia!
Não se preocupe em solicitar, a inscrição no CCM para MEI é automática. Consulte o site com regularidade, seu CCM ficará disponível em mais ou menos 40 dias, se o prazo não melhorou.
Um abraço!

Rogério disse...

Obrigado Rosana, excelente informação, um beijão.

RTS-Informatica disse...

Ola ! tenho uma MEI desde Marco de 2010, logo no inicio tive problemas com a prefeitura com a questao de alvara. O fiscal me disse que nao aceitava o alvara provisorio de 180 dias. Esperei eles voltarem mas nao deram sinais de vida ate hoje...rsrs..Hoje estou tentando tirar atravez do portal do ICAD da minha cidade. Minha duvida é a questao que impoem sobre acessibilidade. Meu comercio é de assistencia e vendas de computadores e aparelhos telefonicos. Como devo proceder ? Outra duvida aproveitando o ensejo, é a questao de nota ao consumidor, no site do Sebrae diz que eu posso pedir a grafica talao de nota sem precisar de nenhum documento.

Aproveito para parabeniza-la pela atitude !!!

Rene Lopes

Rosanna disse...

Rene, boa tarde!
Como ficou sua situação de MEI quando você consulta? Está regular? Menciona alguma coisa sobre o alvará? Apesar de sabermos que a prefeitura é quem deve correr atrás de contestar o alvará, acho bom você não deixar essa situação de lado. Procure a Prefeitura para evitar transtornos futuros. Espero que você encontre alguém que responda suas dúvidas e o oriente da melhor forma possível.
Realmente no Sebrae assim como no Portal do Empreendedor não é dito o que é necessário para conseguir um talão de notas, aparentemente não é necessário documento algum, mas precisa sim. Você somente consegue solicitar à uma gráfica se tiver o CCM, a IE e o livro 57. Pode até ser que alguma gráfica trabalhe sem isso mas eu não consegui encontrar. Já foi difícil achar uma que sabia o que era MEI.... rsrs
Um abraço! Muito obrigada por acessar o blog! Sucesso!

Anônimo disse...

Olá Rosana, Boa tarde !
Meu nome é CRIS Adorei seu Blog Parabéns ! Gostaria de tirar uma dúvida, vou abrir MEI neste mês de Fevereiro . Após aberta a empresa é que vou divulgar , procuar clintes e fornecedores . A minha duvida é a seguinte caso eu fique sem nenhum faturamento durante 2(dois) meses como ficaria o preenchimento do relatorio mensal ? Como eu poderia explicar este ocorrido ? Meu esposo e eu estamos um pouco preocupados pois queremos fazer tudo certinho Quando chegar a Declaração Anual
Muito obridada .
CRIS

Rosanna disse...

Cris, bom dia! Muito obrigada por acessar o blog!
Muito bom saber da sua preocupação antes de iniciar. Isso é ótimo para o futuro! Tenho certeza de que vocês terão muito sucesso!!!
Não se preocupe se em algum mês o faturamento ficar abaixo do limite ou até mesmo zerado. Para a declaração o que conta de verdade é o total do ano-calendário em não ultrapassar os R$ 36 mil de faturamento. O Governo não irá te questionar a falta de faturamento em algum mês mas com certeza irá te cobrar se você esquecer de pagar a guia mensal de impostos...rs. Esse sim você não pode deixar de pagar mesmo que a receita foi zero.
Um grande abraço!

Alexandre disse...

Rosana! Seu blog é muito bom... tem salvado a vida ante a confusão de informações sobre MEI.
Estou com um probleminha: Sou MEI, trabalho com livros em eventos. Semana que vem participarei de um evento em MG e precisarei contratar uma transportadora. As transportadoras que liguei dizem que preciso de nota.
Pesquisei e na internet disseram que posso emitir uma NF avulsa. Mas não sei onde posso tirar isso em SP.
Preciso de uma nota nos próximos três dias para não perder o evento. Estou perdido, ou há solução?
Muito obrigado, Rosanna, a Salvadora dos MEIs(!)...

Rosanna disse...

Alexandre, boa tarde!!! Muito obrigada por suas palavras! Salvadora?! Essa foi boa!rsrsrs
Bom, pelo o que pesquisei, não é feita nota avulsa em SP; no caso, você sendo MEI, já deveria ter seu talão ou a nota eletrônica se for somente serviços... Ainda não deu tempo de solicitar?
Será que a administração do evento ou a transportadora aceita uma declaração feita por você detalhando tudo o que estará sendo transportado? Porque na verdade não se trata de impostos mas de um documento que acompanhe o transporte, não é?
Sinto não ter mais informações para te ajudar... espero que consiga e corra tudo bem.
Me avise o que acontecer?
Um grande abraço e muito obrigada por seu incentivo!

Anônimo disse...

Bom Dia, Parabéns pela iniciativa de ajudar outros, quero saber se souber me responder.
Vendo produtos Artesanais, como manta, tapete, rede de balanço de algodão, e quando cliente solicita nota fiscal, peço a um amigo que trabalha no mesmo ramo com empresa sendo ME. A nota Fiscal dele é eletrônica. O ponto agora é, se me cadastrar para MEI, minha nota fiscal também poderá ser Eletrônica? (Pois ela se enquadra em Artesanato e Bijuterias conforme o site de inscrição), também se posso usar o mesma autenticação via cartão do Serasa?
Fico muito feliz de ter uma resposta satisfatória nesta questão.

Rosanna disse...

Olá, bom dia!
Quando a empresa é de prestação de serviços, seja de que porte for, pode sim emitir a nota eletrônica da Prefeitura de SP. Na emissão, não constará retenção de nenhum imposto e nem será gerado outros pois você já pagará seus impostos como MEI na guia mensal, independente do seu faturamento no mês.
Quanto à certificação digital, a partir deste ano de 2011, ela é obrigatória para as empresas tributadas pelo lucro presumido. Enquanto você for MEI, ME ou EPP optante do Simples Nacional, não é obrigatório ter o certificado para emitir nota.
Tudo está convergendo para a era digital, é interessante providenciar um certificado sim, mas não precisa ser para abrir a MEI.
Espero ter te ajudado nas suas dúvidas! Fique à vontade para perguntar sempre que precisar!
Obrigada.

Anônimo disse...

Anônimo - 09/02/11 09:53-
Prazer meu nome é André, esqueci-me de identificar na data e horário acima.
Não sei se minha pergunta foi clara. A empresa que às vezes emito nota fiscal para mim, é - ME. Setor de Vendas, não de Serviço. E o mesmo emite Nota Fiscal Eletrônica para vendas de produtos artesanais, Por achar fácil o sistema de emissão de Nota, Só quero saber se o mesmo procedimento pode ocorrer comigo na hora de fazer a inscrição no MEI. Quero tirar nota fiscal eletrônica para Vendas de produtos feitos em algodão, como rede de balanço, tapetes, etc.

Valdir Junior disse...

Boa tarde Rosanna! Fiz minha inscrição no MEI para vender produtos de informática e acessórios eletrônicos para automóveis. Montarei uma loja virtual, então, com certeza os clientes irão pedir nota fiscal. Como faço para conseguir? O que é Nota Fiscal eletrônica?
Pooooor favor me ajude, já estou ficando doido com isso kkkk.
Parabéns pelo blog, está nota 1000!

charm kids disse...

Ola !

Eu tenho ja a nota eletronica !

Gostaria de adquirir a de alimentaçao como faço !

Preciso pegar outra senha da web na prefeitura !

ATt. Raquel !

Rosanna disse...

André, boa tarde.
Comércio (vendas) é necessário ter também a inscrição estadual, este tipo de empresa lida com ICMS também, previsto no MEI. Se você for um MEI nessa categoria, só conheço a nota em talão de venda ao consumidor. Não entendo muito de comércio na prática, sei mais sobre serviços. Empresas de portes maiores, obrigadas ao SPED (escrituração digital) emitem nota eletrônica de venda, mas ainda não conheci nenhum pequeno empresário que emita.. no máximo, o cupom fiscal.
Sinto não ter muito a ajudar nesse ramo, mas se eu souber algo que seja relevante, informo aqui no blog, ok?
Um abraço.

Rosanna disse...

Valdir, boa tarde!
Você vai trabalhar com comércio, certo? É praticamente a mesma resposta que dei ao André, logo acima.
Empresas MEI de comércio e indústria devem ter inscrição estadual também, mas não sei se é possível emitir nota eletrônica.
A nota eletrônica das empresas de serviços é da Prefeitura de SP, e qualquer empresa pode aderir. Mas quando se trata de indústria e comércio, e consequentemente, ICMS, o Governo do Estado também tem suas regras.
Acredito que você também poderá emitir um talão de venda ao consumidor.
A nota em talão você irá enviar junto com a mercadoria quando for entregar ao cliente. Se fôsse eletrônica, você poderia enviá-la por e-mail mas toda circulação de mercadoria deve ter a nota acompanhando. No caso das empresas na era do SPED, esse documento se chama DANFE (documento auxiliar de nota fiscal) e é emitido em substituição a nota convencional, sendo que a nota eletrônica vai por e-mail.
Espero que tenha te ajudado um pouquinho..
Um abraço.

Rosanna disse...

Raquel, não conheço isso não... a senha web da Prefeitura é uma só. Será que a sua empresa deveria emitir outro tipo de nota? Verifique no seu CCM se consta NFS (serviços) ou NFFS (fatura de serviços) ou outro código. Me avise para poder te ajudar.
Um abraço.

Valdir Junior disse...

Rosanna, obrigado pela resposta! Fiz minha inscrição para "Comerciante de equipamentos e suprimentos de informática", "Comerciante de peças e acessórios novos para veículos automotores" e "Comerciante de peças e acessórios usados para veículos automotores". Poderei montar minha loja virtual?
Desculpe tantas perguntas assim, mas se puder responder, juro que vou até a sua casa para lhe dar um abraço! kkkk
brincadeiras à parte, muito obrigado.

Anônimo disse...

Boa tarde! E parabéns pelo trabalho!

Para ter CCM é necessário ter algum imóvel cadastrado na prefeitura? Eu moro em alojamento de Universidade Federal, tem algum problema para emitir o CCM. Sou MEI a 3 meses. No site da prefeitura não tem opção de consulta de CCM pelo CNPJ, como faço para saber o meu CCM? O CCM só será concedido depois da obtenção do alvará?

Obrigado

Rosanna disse...

Valdir, bom dia!!! Antes de abrir sua loja virtual, a empresa tem que estar ok, com as inscrições e nota fiscal, pois toda mercadoria a ser entregue deve ir com nota.
Depois, você pode sim abrir sua loja virtual, precisa fazer um investimento pois abrir uma loja dessas não é barato.
Encontrei um site que explica o que fazer, por onde começar e outro onde você pode fazer um curso sobre e-commerce. São eles:
(http://www.online.com.br/noticia-comercio-eletronico-loja-virtual/como-montar-uma-loja-virtual-de-sucesso.shtml) e
(http://www.cursoecommerce.com.br/como-abrir-uma-loja-virtual.html).
Vi também uma informação de que você podria utilizar os serviços dos Correios (www.correios.com.br), que oferecem hospedagem de lojas virtuais - sem precisar de programador - através do serviço Correios Net Shopping (precisa confirmar se ainda existe este serviço).
Um abraço! Boa sorte!

Rosanna disse...

Bom dia, Anônimo!
Para se inscrever no MEI, o sistema não pede número de IPTU, e dependendo do segmento da MEI, é preciso consultar a Prefeitura antes para não correr o risco de ter o alvará suspenso.
No momento da inscrição é concedido o alvará provisório. Se a Prefeitura não contestá-lo em 180dias, automaticamente ele se torna permanente.
A liberação do CCM independe do alvará. Ele é gerado automaticamente uns 40 dias após sua inscrição como MEI. O seu já deve estar feito.
Você consegue consultar sim pelo CNPJ. Entre no site da Prefeitura, no menu à direita em CCM, selecione Ficha de Dados Cadastrais, e depois Emissão de Ficha pelo CNPJ.
Um abraço!

Rosanna disse...

Valdir, lembrei de um ponto importante. O MEI tem limite de faturamento anual, e suas despesas não devem ultrapassar esse limite. Se o custo para abrir uma loja virtual for insustentável para um MEI, acredito que seja melhor abrir uma empresa de maior porte.
Abraço.

Rosanna disse...

Corrigindo o local de consulta do CCM - no site da Prefeitura, o tópico CCM fica à esquerda e não à direita como falei antes. Desculpe.

Anônimo disse...

Boa dia!

Tentei gerar o CCM no site da Prefeitura de Seropédica-RJ, mas não encontrei. Na prefeitura eles me disseram que primeiro precisa haver a visita de um fiscal em minha residência para conceder o alvará e só depois consigo fazer a nota fiscal! Mesmo sendo minha atividade como prestação de serviço fora da residência!

Uma pergunta: Para prestar serviço para Universidade Federal, pode ser com nota avulsa? Ou tem que ser aquela impressa em gráfica

Valdir Junior disse...

Obrigado Rosanna! Ultima pergunta: Se eu ultrapassar o limite de faturamento, ele automaticamente passa para micro-empresa? Ou devo fexar a inscrição no MEI e abrir uma nova?

Rosanna disse...

Cada Prefeitura pode ter um modo diferente de trabalhar mesmo... se na sua cidade está assim, não há o que fazer, tem que esperar o fiscal aparecer.
Nem toda cidade utiliza nota fiscal avulsa. Pesquisando, não encontrei a informação para SP. Se na sua cidade não é utilizada, terá que aguardar a liberação para providenciar o talão da sua MEI, ok?

Rosanna disse...

Valdir, há duas situações:
1 - se você ultrapassar os R$ 36mil mas não R$ 43.200 no ano, você só será desenquadrado no exercício seguinte;
2 - se você ultrapassar R$ 43.200, você é desenquadrado automaticamente, tendo que pagar sobre o faturamento do ano todo o imposto conforme a tabela do Simples Nacional.
Somente não entendi ainda na prática como isso vai funcionar, ou seja, se demanda alteração na Junta Comercial com inclusão de sócio, passando a ser um Sociedade empresária, ou pode continuar como um Empresário Individual. Fechar eu acho que não é necessário, é só adequar.
Se alguém, por favor, souber o que acontece na prática, por favor, coloque aqui no blog, ok?
Agradeço muito!

Anônimo disse...

Rosana, Muito Obrigada por seus esclarecimentos. Foram muitos valiosos pra mim . Sucesso pra você também
Forte Braço
Cris/Rio de Janeiro

Nilton Santos disse...

Tenho uma duvida. Tenho uma empresa no MEI em SP, e comecei emitir a NFe recentemente. 2 perguntas: 1) Na Nfe não aparece nenhum valor de ISS ou valor retido, esta correto ? 2) Não consigo gerar o valor do ISS e a guia de recolhimento para o paragamento do ISS das notas que emiti. Entro no PGMEI e só gera o boleto com DAS com os valores fixos mensais, como recolho as guias do ISS das notas ?

Obrigado.

roque disse...

Olá!
S

roque disse...

Olá!
Se eu ultrapassar o limite do faturamento de 36.000,00 c/nf e nao declarar, o que acontece? E as vendas sem n/f p/ pessoa física também tem que constar no relatório anual p/ fins de fatruramento. E se nao declarar essas vendas. Aguardo. Grato.

Rosanna disse...

Nilton, bom dia!
Está correto - você não deve emitir nenhum ISS adicional porque você já está pagando este imposto na sua guia mensal unificada. A vantagem do MEI é que o ISS não é sobre o faturamento e sim um valor fixo, diferente do que acontece com empresas de outros portes.
Também não deve haver nenhuma retenção na sua nota, de nenhum imposto, porque toda empresa optante do Simples, independente de ser MEI, ME ou EPP, fazem seus pagamentos em guias unificadas já com o ISS embutido.
Um abraço!

Rosanna disse...

Roque, bom dia!
Todo procedimento feito em desacordo com o que a lei estabelece gera um grande risco de problemas no futuro. Talvez a fiscalização não alcance todos os MEIs mas tudo o que você declarar anualmente, de alguma forma, terá as informações cruzadas. Na emissão de uma nota, você irá identificar o tomador dos seus serviços pelo CNPJ ou CPF. Este tomador por sua vez vai declarar em algum momento que tomou serviços da sua empresa. Se as informações cruzadas não baterem, você corre o grande risco de ter um fiscal na sua porta...
Todo o seu faturamento deve ser declarado, mesmo que não tenha emitido nota. Se você, conforme for acompanhando seu faturamento, perceber que vai estourar, e não tiver como deixar de emitir nota, recomendo que já se intere dos novos procedimentos e impostos em sua nova condição para se preparar. Sua empresa está crescendo neste momento, não pense que isso é ruim só porque a carga tributária irá aumentar. Veja pelo lado bom! Está dando certo!
Você não é obrigado a emitir nota para pessoa física mas o que receber delas deve constar do seu relatório mensal (tem um campo específico para isso). Todas as receitas que você deixar de informar, afetará no cálculo do seu lucro líquido, e este lucro deve constar na declaração de imposto de renda da pessoa física como rendimentos isentos e não tributáveis.
Um abraço!

Nilton Santos disse...

Muito obrigado por esclarecer minha dúvida, pois ja gastei muitas horas no telefone com a Receita, prefeitura, etc... tentando confirmar essa informação, pois a ultima coisa que eu quero é ter problemas de impostos com esse orgãos.
Muito obrigado mesmo.

Nilton Santos disse...

Só mais um perguntinha...
Qual relatório é esses que vocês comentam que precisam se enviados mensalmente ? É direto do site da receita ?

Obrigado.

Rosanna disse...

Nilton, boa tarde!
Tem um modelo desse relatório de faturamento mensal no Portal do Empreendedor. Não é necessário que você o envie para nenhum órgão público, serve somente para organizar as informações e facilitar na elaboração da declaração anual do MEI em fevereiro.
Fico muito feliz em poder ajudar! Sempre que precisar, fique à vontade para acessar o blog!
Um abraço!

Nilton Santos disse...

Obrigado e muito sucesso pra vc.

Anônimo disse...

Olá Rosanna,
Você sabe se é necessário ter o talão de notas(MEI) para emissão Pessoa jurídica sendo que a empresa nao realiza trabalhos para outras empresas, e sim para consumidor final.
Obrigada pela ajuda,
Ligia

Rosanna disse...

Lígia, boa tarde!
Se só acontecer prestação de serviços para pessoa física, não precisa se preocupar em ter nota fiscal por enquanto, mas eu acho bom ter, estar preparado. Ter uma nota fiscal à disposição de qualquer cliente passa a imagem de organização e comprometimento.
De qualquer modo, uma empresa também pode ser seu consumidor final, e aí a emissão é obrigatória, ok?
Um abraço!

nilson moura disse...

Olá, muito prazer, mandei uma msg mas ainda não sei se postou, sou Tecnico Contabil, mas um pouco desatualizado e estou tentando sanar algumas duvidas.
Meu nome é Nilson, bye

Rosanna disse...

Nilson! Bom dia!
Seja bem-vindo! Envie suas dúvidas para tentarmos solucioná-las juntos, ok?!
Um grande abraço!

Navia disse...

NAVIA
Oi, minha filha é musicista e tem uma micro-empresa MEI, tem o talão de nota fiscal cuja confecção foi autorizada pela prefeitura de guarulhos(local onde resido).A produtora para a qual ela presta serviço é do Rio de Janeiro e eles estão exigindo declaração ou link de que a prefeitura de guarulhos não emite nf-e. (a prefeitura não quis dar a declaração de que não emite nf-e). Gostaria de informação de como devo agir.

Navia disse...

Gostaria de saber se existe algum site que informe se a prefeitura de guarulhos emite ou não nf-e mei, obrigado.

Rosanna disse...

Navia, bom dia!
Pesquisando em alguns jornais e até no site da Prefeitura de Guarulhos, não encontrei nada que mencione a nota fiscal eletrônica da Prefeitura, somente a NF-e Estadual, ou seja, aquela que as empresas de maior porte do comércio e indústria são obrigadas a emitir devido à inclusão ao SPED (sistema público de escrituração digital). O MEI não é obrigado ao SPED.
Muitas prefeituras ainda não disponibilizaram a nota eletrônica, mas o tomador dos serviços não pode se negar a receber uma nota em talão dado que ela tem o mesmo valor contábil e fiscal que a nota eletrônica. Para saber isso, basta que ele consulte o CNPJ, o CCM, enfim, que faça uma busca da idoneidade do seu fornecedor, no caso, sua filha. Estando tudo ok, é indeferente se a nota é eletrônica ou em papel.
Não encontrei nenhum link que diga que há previsão de nota eletrônica da prefeitura ou que a prefeitura não liberou ou algo parecido para você poder enviar à produtora. Tente conversar novamente com eles e explique isso que te falei. Às vezes, pode ser somente falta de conhecimento de quem está do lado de lá.
Espero que tenha sucesso. Precisando de algo mais, estou à sua disposição.
Obrigada.

NELLY CRIACOES disse...

Boa noite!
Gostaria de fazer duas perguntas:
sou MEI e fabrico peças de roupa.
Nem todos os locais q compro tecido fornecem nota. como faço pra comprovar a aquisicao?
E a empresa esta registrada no nome da minha mae, pq sou funcion. publico e n posso ser dono de empresa, teria como ela fazer uma procuracao pra eu resolver as pendencias da empresa?
obrg

NELLY CRIACOES disse...

Ah, e como eh calculado o faturamento do Mei?

Rosanna disse...

Nelly, boa noite!
O ideal seria mudar de fornecedores... isso mesmo. Se os atuais não fornecem nota nem pelo menos um cupom fiscal, seria bom procurar outros. Você deve ter os comprovantes fiscais das aquisições para sua empresa.
Quanto a procuração, acredito não haver problemas em sua mãe te nomear.
O faturamento do MEI deve ser controlado com planilhas simples, sempre lembrando de não ultrapassar o limite anual de R$ 36 mil (valor bruto dos serviços prestados ou vendas efetuadas). Este valor total será declarado todo ano, em janeiro, na DASN-MEI.
Um abraço.

Henrique disse...

Olá Rosanna,

Fiz minha inscrição MEI há 46 dias aqui em SP/Capital mas até agora nada de CCM... Está tudo certo com meu Certificado de Condição de MEI. Qual o maior atraso de emissão de CCM que você tem notícia?

Rosanna disse...

Bom dia, Henrique!
O maior tempo que eu soube foi de 50 dias - era de um colega contador que abriu a empresa dele como MEI também - foi na mesma época que eu (abri em março/2010).
Pensei que este prazo já estava melhor, mas parece que virou padrão mesmo...
Espero que saia logo. Boa sorte!
Abraço.

Anônimo disse...

Rô, em primeiro lugar parabens pelo blog. Estou pensando em abrir um empresa como mei para vender na net. Gostaria de saber qual o tipo de nota é usado para venda no ecommerce?

Rosanna disse...

Bom dia! Obrigada pelo incentivo!
Bom, antes de vender na net, a empresa deve ser do segmento de comércio, como se você fôsse abrir uma loja de rua ou num shopping. Exatamente a mesma. A diferença é que para se montar um e-commerce é necessário contratar um especialista em web para montar a página e ver outros detalhes como meios de pagamento pelos clientes, transporte, tudo isso que envolve alguns custos. Esses custos precisam ser analisados antes de abrir a empresa porque o MEI tem limite de faturamento e essas despesas podem ser demais para um MEI. Talvez tenha que ser aberto outro porte de empresa como ME ou EPP que têm faturamentos maiores. Conforme o volume de vendas, você pode emitir a nota fiscal de venda ao consumidor em formulário impresso mesmo ou aderir ao SPED e emitir nota eletrônica, onde a mercadoria vai acompanhada do DANFE e o cliente recebe o link para baixar a nota pela internet.
Comércio ainda é novo para mim mas espero ter te ajudado um pouquinho!
Um grande abraço!

Henrique disse...

Olá Rosanna,

Veja só que coincidência, meu CCM saiu hoje! Quase bati o recorde de seu amigo :) Na mina FDC diz que estou sujeito a ISS de 5% ... mas MEI não é isento disso ?!

Henrique disse...

Corrigindo... o MEI não tem ISS fixo em R$ 5,00 ?

Rosanna disse...

Oi, Henrique! Como vai?
Olha que o prazo está virando padrão mesmo... rsrsrs
Exatamente. O MEI já tem a previsão de ISS na guia de pagamento mensal independente de quanto faturar. Acontece que o CCM já prevê os serviços que você pode prestar e, em caso de desenquadramento da condição de MEI, em sendo obrigatório o recolhimento do ISS, você já fica sabendo qual é a alíquota - no seu caso 5%. Se você for emitir a nota eletrônica da Prefeitura, não se esqueça de verificar a configuração do seu perfil que deve estar com a opção do Simples Nacional assinalada. Caso contrário, quando houver emissão, o sistema irá gerar a guia de ISS. Se isso acontecer, basta cancelar a nota, corrigir o perfil e emitir novamente.
Um abraço!

Henrique disse...

Oi Rosanna,

Muito obrigado pelas explicações, você não faz idéia do quanto são úteis para nós!
Pretendo emitir NF-e sim, mas no momento meu perfil não mostra opção para associá-lo ao Simples (Só mostra os Dados Gerais e a Frase de Segurança)... Pelo que estive lendo no manual da NF-e, demora uns 2 dias para o sistema detectar o CCM e mostrar todas as opções de perfil, autorização para emissão de NF-e, etc, né?

Rosanna disse...

Oi, Henrique!
Quando consegui meu acesso não teve esse prazo... as opções já estavam disponíveis para configuração assim que fiz o primeiro acesso, talvez tenha mudado... Fique de olho, principalmente antes de fazer qualquer emissão, para ver se está tudo certo.
Até mais!

Rosanna disse...

Completando, Henrique!
Muito obrigada! Na verdade, vocês que acessam o blog é que estão me ajudando!!!
É um prazer poder facilitar um pouco!
Obrigada.

Anônimo disse...

Rosanna,
Parabéns pelo blog e pela iniciativa.
Meu CCM também foi liberado após 47 dias.
Os comentários acima já me ajudaram muito. Gostaria de solicitar uma ajuda quanto a emssão de NFe (SP) ou a utilização de NF impressa. Quais os benefícios de uma e outra. Particularmente achei complexo o portal da NFe. Acredito que ajudaria muita gente um post com um passo a passo sobre a Nfe.
Agradeço desde já.
Abraço,
Murilo

Rosanna disse...

Murilo, bom dia! Seja bem-vindo!
Eu, particularmente, acho a nota eletrônica da prefeitura mais prática porque estou online quase o dia todo e me deslocar para entregar notas aos clientes não seria muito prático.
Parece um pouco complicado mas não é não. Depois que você conhece as opções fica mais fácil e rápido. Vou preparar um post sobre o assunto. Obrigada pela sugestão!
Um grande abraço!

Henrique disse...

Oi de novo Rosanna :-)
Acabo de ajustar meu perfil para "Simples Nacional" e solicitei a autorização para emissão de NF-e.
Você sabe +- o prazo para que eu receba o resultado da decisão sobre o deferimento/autorização para emissão?

Henrique disse...

Rosanna,

Favor ignorar a pergunta acima, recebi o deferimento logo em seguida :-)

Rosanna disse...

Oi, Henrique! Puxa, que bom!
Agora então está tudo ok? É só emitir!
Bons negócios!

Murilo Sobral disse...

Olá Rosanna,
Boa tarde!
Já sou um leitor de carteirinha do su blog. rsss
Estou lendo alguns artigos sobre a utilização da NFe (SP) para minha MEI, observei no manual adquirido no site da prefeitura que consta a necessidade de Certificado Digital. Gostaria de alguma informação sobre o assunto. Existe a necessidade de utilização mesmo send MEI? Qual a certificadora você recomenda?
Obrigado mais uma vez.
Abraço,
Murilo

Rosanna disse...

Oi, Murilo! Boa tarde! Muito obrigada! Espero poder somar!
A obrigatoriedade de certificado digital para emitir nota fiscal eletrônica além de também ser solicitado para envio de DCTF, Dacon, DIPJ, são das empresas de lucro presumido somente - por enquanto. As empresas do Simples podem continuar acessando o portal da prefeitura com a senha.
O certificado é um documento muito importante ao meu ver. Com ele, você pode consultar on line a situação fiscal da sua empresa no portal do e-CAC. Também pode consultar se há débitos, declarações entregues, enfim, fazer uma verificação do trabalho do seu contador, quando tiver. A era digital está transformando a contabilidade num verdadeiro big brother... rsrs, mas acho isso importantíssimo para a saúde das empresas.
Certificadoras de confiança que conheço são a AC Fenacon (onde fiz o meu e-CPF) e o Serasa também.
Um grande abraço!

Rafael Alves disse...

Primeiramente gostaria de parabenizá-la pelo blog e solidariedade.
Bom, tenho MEI mas não consigo emitir nota fiscal para Pessoa Jurídica, no SEFIN, orgão da prefeitura de Fortaleza responsável por liberar a autorização para empresas emitirem nota fiscal(pelo menos foi isso que entendi) não da´suporte algum, me informaram que estão "paradas" essas solicitações, pois não tem uma definição sobre MEI.

O que posso fazer? Tenho vários amigos na mesma situação aqui. Nem os contadores conseguem me ajudar. Se eu for numa gráfica será que eles conseguem algo??
Eu posso emitir nota fiscal eletrônica assim que conseguir a autorização??

Seja o que você me orientar, ficarei muito grato e me ajudará BASTANTE.

MUITO Obrigado!
email: faelp3@hotmail.com

Anônimo disse...

Boa tarde
Sou Professor de Contabilidade e fiquei muito contente em saber que existe pessoas bondosas e inteligentes como a senhorita,anunciarei para meus alunos seus conhecimentos intelectuais.
Sucesso.

Rosanna disse...

Oi, Rafael, boa tarde!
Que situação... o tempo passa e o dilema continua... como é difícil ser um empresário neste país...
Não sei se posso te ajudar muito. Cada Prefeitura tem um modo de lidar com os MEIs e cada cidade está tendo um empecilho diferente.
Se este órgão que você citou - SEFIN - é o responsável por liberar autorização para emissão de notas, vocês ficam totalmente dependentes da boa vontade deles, e aí não tem contador que dê jeito... Se for como é aqui em São Paulo, somente com o cadastro e autorização da Prefeitura é que conseguimos nota fiscal (tanto faz talão ou eletrônica). Mas aqui já não estamos tendo tantos casos...
Andei navegando um pouco no site do SEFIN e notei que tem nota fiscal avulsa. Será que ajuda no seu caso? Não tem muitas explicações...
Tem também um link para o MEI. Parece que em Fortaleza é ainda um projeto que tramita na Câmara Municipal. Dê uma olhada lá. Quem sabe você não encontra uma solução, ou pelo menos uma previsão de conclusão deste problema.
Um grande abraço, obrigada por acessar o blog e muito sucesso!

Rosanna disse...

Professor, boa tarde!
Eu que agradeço seu incentivo! Ficarei muito feliz com a visita e as opiniões de todos! Procuro sempre aprender mais e dividindo o que sei aprendo muito mais do que imagino!
Um grande abraço, disponha do blog, e muito obrigada!!!!

Anônimo disse...

Olá Rosanna,
Show de bola o blog!
Eu já recebi meu CCM, gostaria de saber onde eu descubro o tipo de nota fiscal que eu devo emitir e agora que tenho o CCM, quais os procedimentos para conseguir a nota fiscal. Muito obrigado!

Abraço e sucesso!
Demétrio

Rosanna disse...

Demétrio, bom dia! Obrigada pelo incentivo!
Comece olhando no documento CCM, no final da página, no canto direito, o tipo de nota. Se você for prestador de serviços, pode solicitar a nota eletrônica da Prefeitura no próprio site. Se for comércio, você deve solicitar sua inscrição estadual e depois solicitar a confecção do talão com uma gráfica. Tem um outro post aqui no blog sobre como solicitar a nota eletrônica, o passo-a-passo no site.
Qualquer dúvida, volte a postar. Será um prazer ajudar você!
Um abraço!

Eliza disse...

Olá Rosanna, Eu sou Eliza. Muito prazer em conhecê-la. Nossa seu Blog é muito bom, maravilhoso para nós leigos nesse assunto de MEI, que virou uma novela em tanto. (rsrs)
Entao.. Eu sou do Rio de Janeiro - São João de Meriti - Trabalho com Brindes Personalizado em minha residência. Fiz minha inscriçao agora em Fevereiro/2011. Estou tentando tirar minha nota fiscal , pois já pedir vendas por não poder vender para pessoas Juridicas. Na semana que vem irei a prefeitura me informar o procedimento correto para o alvará. Não sei se será dificil mas, conforme for os resultados venho aqui te informar.
Só uma perguntinha? Qual categoria seria mais apropriada para trabalho de Brindes personalizado para festas? Eu acho que escolhi errado.:( Agradeço deste já. Mais uma vez PARABÉNS!!! Poucas pessoas tem esse privilegio de compartilhar conhecimento e ajudar ao proximo como voce...

Colle Adesivos disse...

Olá... depois de um bom tempo o meu CCm saiu, mas inclui um CNAE que apareceu com uma Resalva lá no documento de FDC, que preciso da Obtenção do Auto de Licença de Funcionamento. E fala tb se não fizer todas as coisas o CCM será cancelado e depois a minha incrição no MEI.
Será q tem como eu excluir esse CNAE pra não precisar fazer esse monte de coisas?

Rosanna disse...

Oi, Eliza! Boa noite! Eu que agradeço... muito obrigada por suas palavras! Espero que encontre as respostas para suas dúvidas e tenha muito sucesso no seu negócio. Conte sempre comigo!
Eu acredito que o código mais adequado para seu trabalho seria o 137 (Comerciante de produtos para festas e natal). Foi esse que você escolheu? Fiquei na dúvida se você seria fabricante ou somente comerciante, mas não encontrei um fabricante para esse segmento.
No momento da inscrição como MEI, o alvará concedido é o provisório. Se no local onde você designou sua empresa não tiver um movimento muito grande de pessoas acredito que não terá problemas, mesmo porque quem tem que contestar o alvará provisório é a Prefeitura. Mas se informe mesmo assim para não ter surpresas desagradáveis depois.
Um grande abraço e mais uma vez muito obrigada!

Rosanna disse...

Colle Adesivos, boa noite! Qualquer alteração que se faça necessária na sua empresa a partir de agora demanda envolver a Junta Comercial com todas as suas taxas e burocracias de qualquer empresa de outro porte. Ainda não há nenhum procedimento simplificado para alterações e encerramentos de MEIs. Sugiro verificar essas exigências nos órgãos competentes e procutar cumprí-las para que nada dê errado. Caso você opte por alterar alguma informação da sua empresa, consulte o manual da Jucesp no site deles, ajuda bastante.
Abraço e sucesso!

Debby disse...

Olá Rosana. Primeiramente gostaria de parabeniza-la pelo blog.
Sou MEI na condição de produtora de eventos e em certos trabalhos necessito contratar pessoas para me ajudar com os serviços. Como tenho que paga-las pela diária e posteriormente emitir a NF para as empresas que me contratam, gostaria de saber se posso lançar estas despesas com a contratação destes "free-lancers" no meu relatório mensal e caso afirmativo como comprovar estas despesas?
Obrigado pelos esclarecimentos.
Debby

kakaucdcs disse...

olá boa tarde...
Estou querendo me formalizar como MEI,mas tenho algumas duvidas...
Como faço para assinar a carteira de um funcionario/esse funcionario pode ter algum parentesco com o MEI/posso ser MEI mesmo tendo dois empregos[um com carteira assinada e outro servidor publico/minha declaração como MEI é independente das minhas outras atividades/qual a renda minima arrecadada de um MEI/Como é feita a fiscalização/
Aguardo a resposta encarecidamente
kakaucdcs/ba

fatimakbloidesc disse...

sou aposentada rural,mas para aumentar a renda vendo produtos alimenticios...
posso me formalizar como MEI/e se ja tiver um Mei na familia ha algum problema...

Fatimakbloidesc

empreendimentos.kelly disse...

Boa tarde, sou MEI há quase um ano, e meu faturamento ultrapassou o estabelecido pela lei, qual o processo devo fazr para tornar ME?

Kelly Vieira

Rosanna disse...

Kakau, boa tarde! Desculpe demorar em responder... muito trabalho!
Não vejo problemas em você registrar um parente como funcionário desde que a relação seja bem profissional mesmo, ou seja, tudo certinho - FGTS, férias, anotação na carteira, etc... MEI só pode ter um funcionário.
Você pode ser empresária e funcionária ao mesmo tempo. O que você não pode esquecer é de declarar toda sua renda ao Imposto de Renda anual. E separar bem as coisas - você empresária e você pessoa física.
O faturamento bruto anual permitido para o MEI é de até R$ 36.000,00. Acima disso, passa a ser ME ou EPP.
Não sei se estão fiscalizando tanto quanto deveriam. O cruzamento de informações no imposto de renda com a declaração de MEI é uma fiscalização. Movimentações feitas no CPF também, como nota paulista, gastos no cartão de crédito.
Uma coisa é certa, Kakau: cada vez mais o Governo irá cruzar as informações fiscais, então, quem quiser ter uma empresa, sugiro que o faça o mais corretamente possível, para evitar dores de cabeça no futuro. Você só tem a ganhar!
Muito sucesso para você!

Rosanna disse...

Fátima, boa tarde!
Sim, você pode ser MEI mesmo que haja outro em sua família, até no mesmo endereço. Precisa verificar se a atividade é permitida e se irá ter uma grande movimentação de pessoas por causa do alvará de funcionamento.
De resto, boas vendas!!
Abraço!

Rosanna disse...

Kelly, boa tarde!
Para se tornar ME, você deve providenciar a alteração com a Junta comercial para começar. Veja isso com um contador de sua confiança, pois a partir deste momento, sua empresa terá outras obrigações a cumprir.
Um abraço!

tini disse...

Bom día, Rossana:
Parabéns pelo seu blog. Que boa ajuda vc oferece!
E é por isso que estou aqui te escrevendo. Sou professora de línguas e trabalho como professora particular. Estou pensando me formalizar como MEI, mas tenho algumas dúvidas.

Por tudo o que li neste apartado, deduzi que o que mais demora é obter o CCM (aprox. 45 dias) e depois o outro problema é mandar fazer as notas fiscais numa gráfica (porque nem todas sabem como é una NF para MEI).

Daí vc comentou que para mandar fazer as notas temos que levar o livro 57, entre outras coisas. E aqui estão as minhas dúvidas, este livro é o mesmo que é vendido em algumas papelarias (por ex, vi que no Kalunga tem)? E eu tenho que preencher alguma coisa nele?

Desde já muito obrigada pela ajuda!
Isabel

genilson disse...

Boa tarde Rosana gostei muito so seu blogger primeiro quero parabenizar pela sua atitude,abrir firma pela mei como proprietario de salas de acesso à internet e umas das segundarias foi comercios de suprimentos de informaticas e agora estou com um provedor de internet e o prefeito da minha cidade q contratar meus serviços como prevedor de internet e manutenção de redes e de micro ja tenho cnpj e escrição estadual ai tenho q tirar nf mais nao sei se pode fazer a mesma nf tanto para vendas quanto para serviços prestados? agradeço desde de já

Rosanna disse...

Isabel, boa tarde! Bem-vinda ao blog!
Sim, este livro é vendido em papelarias, e em grandes também como a Kalunga. É um livro fininho de capa dura preta.
A gráfica que fizer seu talão vai anotar na primeira página (abertura) os dados da sua empresa.
Dentro será necessário registrar todos os talões que forem emitidos para sua empresa. É preenchido somente 1 linha por talão com as informações da gráfica, numeração das notas, etc. Cada campo tem a informação do que escrever nele.
Mas, se você for emitir nota eletrônica, não é necessário comprar esse livro, mesmo que esteja indicado no CCM, ok?
Um grande abraço! Pergunte sempre que precisar!

Rosanna disse...

Genilson, boa tarde! Bem-vindo!
Acredito que no seu caso só poderá ser talão mesmo, já que tem inscrição estadual. Não entendo muito de comércio, mas se você já tem CCM e IE, você pode procurar uma gráfica. Deve ter sim um talão em que preveja a prestação de serviços e vendas também, já vi em algum lugar.... Aí conforme o serviço, você preenche no local adequado.
Desculpe não ter conhecimento suficiente para te ajudar mais, mas torço para que tenha sucesso no seu negócio!
Um grande abraço!

Anônimo disse...

Olá rosana, meu nome é danilo...
Abri um mei no nome de minha esposa em fevereiro do ano passado, estou fazendo tudo certinho: pagando das, declaração anual, relatorio mensal, e nfe...
E os negócios estão dando tão certo que acabei saindo do meu serviço para ajudar minha esposa, e gostaria de saber como faço para me registrar passo a passo, pois no site do mei a explicação não é bem clara, sera que pode me ajudar?

Rosanna disse...

Danilo, bom dia!
Fico muito feliz em saber que seus negócios estão prosperando!
Entendo que você quer ser sócio de sua esposa, certo? Neste caso, MEI não pode ter sócio. Para ter sócio, a empresa deve ser ME ou EPP. É necessária uma alteração na Junta comercial para começar o processo, o que implica taxas e novas obrigações contábeis. Sugiro contratar um contador para fazer isso por vocês pois o processo é burocrático. Será necessário elaborar um contrato social, especificar o objeto da sociedade, distribuição de lucros, enfim, todas as informações necessárias a administração da empresa. Uma ME ou EPP pode ser optante do Simples e continuar pagando os impostos em guia unificada mas o cálculo é diferente - sobre o faturamento e não mais valor fixo.
Espero ter ajudado! Tenham muito sucesso!

Anônimo disse...

OI ROSANA, OBRIGADO PELA EXPLICAÇÃO, MAS ACHO Q VC NÇAO ENTENDEU MUITO BEM.
É QUE NO MEI É POSSIVEL TER UM FUNCIONARIO REGISTRADO, EU QUERIA SER ESSE FUNCIONARIO, COMO FAÇO?
DANILO.

Rosanna disse...

Danilo, ah tá!!! Agora entendi!! :)
Então, para sua esposa te contratar como funcionário dela, primeiro é necessário ter um sisteminha de folha de pagamento, que ajuda bastante na hora de gerar Sefip e controlar essa parte de pessoal ou delegar isso a um escritório de contabilidade. O procedimento é igual a qualquer empresa:
- solicitar documentos;
- exame admissional;
- registro em carteira;
- informação ao CAGED;
- cadastro no PIS se não houver;
- conectividade social com a Caixa Econômica para entrega de GFIP/Sefip mensal (procedimentos no site da Caixa);
- rotinas de folha de pagamento: holerith mensal, GPS, FGTS, Sefip, controle de férias, etc..;
São muitos detalhes que precisam ser observados para contratar um funcionário. Analise se é interessante e viável. Precisando de mais informações, estou à disposição.
Um abraço!

Anônimo disse...

Boa Tarde Rosana,

Estou trabalhando em uma empresa de Construção e preciso emitir algumas NF Prestador de Serviço de Empreiteiros que ao inves ter o número do CNPJ e o CPF e com cadastro do CCM na Prefeitura SP, gostaria de saber quais os impostos incidentes sobre esta NF, ISS, INSS e IR???

Obrigado!!

Rosanna disse...

Anônimo, bom dia!
Deixa eu ver se te entendi direito: você é MEI prestador de serviços? É você quem vai emitir nota fiscal?
A única diferença de impostos que conheço até o momento é o custo adicional de 20% sobre o valor bruto da nota fiscal quando uma empresa contrata MEI que preste serviços de hidráulica, eletricidade, pintura, alvenaria, carpintaria e de manutenção ou reparo de veículos. Neste caso, o prestador não tem nenhum custo adicional, quem tem é somente a empresa que contratou.
Na nota, não deve haver retenção de impostos. O ISS e o INSS já estão previstos na guia mensal que o MEI paga independente do seu faturamento. E o IR é isento.
Já houve relatos aqui no blog de pessoas que prestaram serviços a órgãos públicos e tiveram que colocar retenção de algum imposto na nota, mas não conheço aonde isto está especificado na Lei.
Se não for isso, por favor, volte a postar para poder tentar te ajudar um pouco mais.
Um abraço!

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 706   Recentes› Mais recentes»